Índice deste artigo
Imprimir este Índice

alquimia 

Photograph
O alquimista, pintura a óleo de Thomas Wijck (século …
In a private collection
Photograph
Os alquimistas faziam experimentos com metais e substâncias químicas. Embora esses …
Photos.com/Thinkstock
Projetos na Área de Pesquisa

Há centenas de anos, pessoas conhecidas como alquimistas tentavam transformar chumbo em ouro e criar poções que dessem às pessoas a possibilidade de viver para sempre. Esses estudos eram chamados de alquimia.

Há centenas de anos, pessoas conhecidas como alquimistas tentavam transformar chumbo em ouro e criar poções que dessem às pessoas a possibilidade de viver para sempre. Esses estudos eram chamados de alquimia.

Os alquimistas faziam experimentos com metais, sais, ácidos e outras substâncias químicas. Eles desenvolveram muitas ideias mágicas e não científicas sobre o mundo. Os alquimistas pensavam, por exemplo, que as posições dos astros no céu podiam afetar suas experiências químicas. Hoje os cientistas não reconhecem a alquimia como ciência. Alguns deles, porém, consideram que os alquimistas ajudaram a estabelecer as bases científicas da química moderna.

Na Antiguidade, diversas formas de alquimia foram praticadas pelos povos da China, da Índia, da Grécia e do Oriente Médio. Por volta do século XII, na Europa, algumas pessoas tomaram conhecimento de várias dessas práticas antigas e começaram a fazer seus próprios experimentos. Elas tentaram transformar chumbo em ouro, aquecendo o chumbo e misturando-o com muitas outras substâncias. Esses estudiosos conservaram a maior parte de seus procedimentos em segredo.

Os alquimistas nunca conseguiram fabricar ouro nem fazer alguém viver para sempre, mas chegaram a algumas descobertas úteis. Eles encontraram formas de produzir substâncias químicas chamadas ácidos minerais a partir de outras substâncias. Além disso, perceberam como algumas substâncias químicas reagem quando são misturadas.