Índice deste artigo
Imprimir este Índice

Roald Amundsen 

Photograph
Roald Amundsen
UPI/Bettmann
Projetos na Área de Pesquisa

O norueguês Roald Amundsen foi um dos mais importantes personagens na história da exploração polar. Ele comandou expedições no Ártico e na Antártica e foi o primeiro a chegar ao polo Sul.

O norueguês Roald Amundsen foi um dos mais importantes personagens na história da exploração polar. Ele comandou expedições no Ártico e na Antártica e foi o primeiro a chegar ao polo Sul.

Roald Engelbregt Gravning Amundsen nasceu em Borge, na Noruega, em 16 de julho de 1872. Seu pai, proprietário de navios, morreu quando ele tinha 14 anos. Amundsen sempre quis ser explorador polar, mas, para agradar a mãe, estudou medicina. Depois que ela morreu, deixou a faculdade para se tornar navegador.

Com 25 anos, fez a primeira viagem à Antártica, como membro de uma expedição belga. Em 1903, no comando do próprio navio, partiu para o Ártico. Nessa expedição, conseguiu determinar a posição do polo Norte magnético e, em 1905, já no final da jornada, cruzou a Passagem do Noroeste, ligação marítima entre os oceanos Atlântico e Pacífico. Com isso, realizou um feito perseguido durante quatrocentos anos por outros navegadores.

Em 1909, os exploradores Robert Peary e Matthew Henson foram os primeiros a chegar ao polo Norte. Amundsen decidiu então que seria o pioneiro na conquista do polo Sul. A 14 de dezembro de 1911, com quatro companheiros, quatro trenós e 52 cães, atingiu o objetivo.

Em 1918, Amundsen tentou atravessar o polo Norte de navio, mas ficou preso no gelo. Em junho de 1928, deixou a Noruega para resgatar um companheiro, o italiano Umberto Nobile, cujo dirigível tinha caído no Ártico. Amundsen morreu em 18 de junho num acidente aéreo perto da ilha ártica de Spitsbergen. Nobile foi posteriormente resgatado.