Índice deste artigo
Imprimir este Índice

Afrodite 

Art
Afrodite era a deusa do amor e da beleza na mitologia grega. Diz a lenda que ela teria surgido, …
Judie Anderson/EB Inc.
Projetos na Área de Pesquisa

Na mitologia da Grécia antiga, Afrodite era a deusa do amor e da beleza. Ela fazia parte do grupo de doze deuses que habitava o monte Olimpo. Na tradição romana, Afrodite corresponde à deusa Vênus. Seus símbolos são o pavão, a rosa, o cisne e a murta (um arbusto decorativo).

Na mitologia da Grécia antiga, Afrodite era a deusa do amor e da beleza. Ela fazia parte do grupo de doze deuses que habitava o monte Olimpo. Na tradição romana, Afrodite corresponde à deusa Vênus. Seus símbolos são o pavão, a rosa, o cisne e a murta (um arbusto decorativo).

Afrodite era filha de Zeus (o principal deus do Olimpo) e de Dione, que pertencia à família dos titãs. Titãs eram gigantes que teriam governado o mundo antes dos deuses. Outra versão diz que Afrodite emergiu, já adulta, das espumas do oceano. O vento carregou-a em uma concha para a ilha de Chipre, onde ela passou a viver. Como Afrodite era filha das águas, os navegantes acreditavam que tinha o poder de acalmar ventos e tempestades marítimas.

De acordo com a lenda, deuses e homens se apaixonavam por Afrodite por causa de sua beleza. Mas ela era orgulhosa e rejeitava os admiradores. Para puni-la, Zeus obrigou-a a casar-se com Hefesto, o feio deus do fogo. Afrodite logo o abandonou para viver com o belo Ares, deus da guerra. Dessa união nasceu Eros, o deus do amor. Zeus fez, então, Afrodite se apaixonar por um lindo pastor chamado Anquises. O filho deles, Eneias, seria, segundo a tradição, o ancestral do povo romano.