tiro com arco 

Art
Séculos atrás, os guerreiros usavam arco e flecha durante as batalhas.
Encyclopædia Britannica, Inc.
Art
Hoje, os praticantes de tiro com arco praticam o esporte com o alvo a 90 metros de distância.
Encyclopædia Britannica, Inc.
Projetos na Área de Pesquisa

O tiro com arco (também chamado de arco e flecha) é um esporte em que os competidores atiram flechas com o auxílio de um arco, com o objetivo de acertar um alvo. Por milhares de anos essa atividade foi usada na guerra e na caça. Ainda hoje a caça com arco e flecha é popular.

O tiro com arco (também chamado de arco e flecha) é um esporte em que os competidores atiram flechas com o auxílio de um arco, com o objetivo de acertar um alvo. Por milhares de anos essa atividade foi usada na guerra e na caça. Ainda hoje a caça com arco e flecha é popular.

Equipamento

O arco é um instrumento que possibilita atirar flechas mais longe e com mais força do que com as mãos. Em sua forma mais básica, um arco é uma peça de madeira longa, fina e encurvada, devido a uma corda presa firmemente às suas duas extremidades. Hoje em dia, os competidores usam arcos mais complexos, feitos não só de madeira, mas também de plástico ou fibra de vidro.

A flecha é uma haste feita de madeira, metal ou outro material. Uma de suas extremidades é pontuda. Na outra, fica uma cauda de penas ou de plástico. A cauda ajuda a flecha a voar reto. As flechas modernas em geral são feitas de alumínio ou carbono.

A cauda da flecha se encaixa na corda do arco. Para atirar a flecha, o arqueiro puxa a corda para trás e a solta. Uma porção de energia é armazenada na corda quando ela é puxada. Quando ela é solta, essa energia é liberada. Isso faz a flecha voar com muita força.

Competições

Existem diferentes competições nesse esporte. Na maioria delas, os arqueiros atiram flechas em alvos redondos. Cada alvo consiste em um círculo rodeado por vários anéis. Os arqueiros ganham certo número de pontos ao acertar as diversas áreas do alvo. O círculo central vale o maior número de pontos; o anel junto à borda vale o menor.

As modalidades mais comuns são o tiro com arco de salão (indoor) e o de campo (outdoor). No tiro com arco de salão os arqueiros lançam uma série de flechas em alvos posicionados a determinada distância. Por exemplo, um arqueiro pode ter que atirar dezoito flechas em um alvo localizado a 70 metros dele. No tiro de campo, o arqueiro lança flechas em diferentes alvos ao longo de um percurso que imita as condições de caça. Nessa modalidade, os competidores atiram em alvos de vários tamanhos e a diversas distâncias, não só em áreas planas, mas também subindo ou descendo morros.

Os campeonatos mundiais normalmente abrangem as competições de salão, de campo e outras modalidades. Os Jogos Olímpicos incluem competições de campo e de salão, para homens e mulheres, individualmente ou em equipes.

História

Na Pré-História e na Antiguidade muitos povos da Europa, da Ásia, da África e das Américas fabricavam arcos e flechas. O arco era uma das principais armas de guerra e caça. Os antigos egípcios, gregos e chineses praticavam o tiro com arco como esporte.

Hunos, turcos, mongóis e outros povos conseguiam manejar arco e flecha enquanto cavalgavam. Essa habilidade os ajudou a vencer muitas guerras e a conquistar grande parte da Ásia.

No século XIV os soldados ingleses começaram a usar um grande arco chamado arco longo inglês, ou arco galês. Essa arma os ajudou a conquistar grandes vitórias militares contra a França. O arco mais usado em outras partes da Europa nesse tempo era a besta ou balestra, que consistia em um arco pequeno e forte preso transversalmente a uma peça de madeira. A balestra tinha uma ranhura que ajudava a guiar a flecha e uma manivela para puxar e soltar a corda.

Na Europa do século XVI, a espingarda substituiu o arco e a flecha como a mais importante arma militar. Hoje, os soldados usam armas de fogo. O tiro com arco acabou se tornando um esporte popular e, no século XX, passou a ser uma modalidade olímpica.