Índice deste artigo
Imprimir este Índice

Confúcio 

Photograph
Retrato do filósofo chinês Confúcio.
Rischgitz—Hulton Archive/Getty Images
Projetos na Área de Pesquisa

Há mais de 2 mil anos parte da população da China segue os princípios do mestre e filósofo Confúcio. Seus ensinamentos, conhecidos como confucionismo, se baseiam na bondade, no amor e no respeito. Essa doutrina filosófica e moral serve como modo de vida, fonte de valores e código social para seus seguidores.

Há mais de 2 mil anos parte da população da China segue os princípios do mestre e filósofo Confúcio. Seus ensinamentos, conhecidos como confucionismo, se baseiam na bondade, no amor e no respeito. Essa doutrina filosófica e moral serve como modo de vida, fonte de valores e código social para seus seguidores.

Confúcio nasceu em 551 a.C., em Qufu, na atual província chinesa de Shandong (ou Shantung). A data exata de seu nascimento é desconhecida, mas muitas pessoas no leste da Ásia a comemoram em 28 de setembro. Seu sobrenome era Kong. Confúcio é a versão ocidental do nome chinês Kongfuzi, que significa “mestre Kong”.

Bom aluno quando jovem, ele estudou muitas disciplinas, entre elas música, práticas cerimoniais, a arte de manejar o arco, caligrafia, direção de carro de guerra e aritmética. Tinha também bom conhecimento de história e poesia.

Na casa dos 30 anos, começou a lecionar tendo por meta melhorar a sociedade. Ele acreditava que os alunos deviam se esforçar para melhorar de vida, além de ganhar conhecimento. Confúcio é considerado o primeiro professor da China que quis tornar a educação acessível para todos os homens.

Ele também se interessava por política e desejava ter um cargo influente no governo para poder reformar a sociedade. Assim, trabalhou no governo quando estava na faixa dos 40 e dos 50 anos, mas não chegou a obter nenhum cargo de grande influência. Confúcio morreu em 479 a.C.