Índice deste artigo
Imprimir este Índice

orvalho 

Photograph
Em noites frias, é comum a formação de orvalho sobre a relva.
W. Perry Conway/Corbis
Projetos na Área de Pesquisa

Ao amanhecer, é comum ver gotas minúsculas de água sobre as plantas e na relva. Essa umidade é chamada orvalho e se forma no ar noturno pelo processo de condensação.

Ao amanhecer, é comum ver gotas minúsculas de água sobre as plantas e na relva. Essa umidade é chamada orvalho e se forma no ar noturno pelo processo de condensação.

O ar contém água em forma de um gás chamado vapor de água. À noite, ao passar por superfícies frias, o ar quente e úmido se resfria. O vapor de água no ar começa a se condensar, ou seja, transforma-se em pequenas gotas. As gotas se agarram a superfícies frias como folhas, pétalas de flores e grama. A temperatura que permite o início da condensação é conhecida como ponto de condensação.

Em geral, o orvalho se forma em noites límpidas, quando o ar está calmo. Ele pode surgir sobre qualquer superfície fria e exposta ao céu, a exemplo do solo e das plantas, que geralmente esfriam mais rápido do que o ar. Pela mesma razão, o orvalho se deposita nas capotas dos carros. A hora da noite em que o orvalho começa a se formar é chamada de orvalhada.

O orvalho pode ajudar plantas secas, mas plantas excessivamente úmidas devido ao orvalho podem ser atacadas por fungos danosos. O orvalho poluído é outro perigo. A poluição pode se agregar ao orvalho quando o vapor d’água no ar poluído se condensa. Assim como a chuva ácida, o orvalho poluído, chamado de orvalho ácido, pode prejudicar seres vivos.