inundação 

Photograph
Estudantes filipinos usam cadeiras para atravessar o pátio da escola que ficou inundado …
Noel Celis—AFP/Getty Images
Photograph
Pode ser impossível passar de carro por uma rua inundada.
AFP/Getty Images
Projetos na Área de Pesquisa

Inundação ou enchente é o transbordamento de água sobre um território seco. As enchentes sempre fizeram parte da vida na Terra. Quase todas as civilizações têm uma lenda sobre um grande dilúvio. Desde os tempos antigos, os povos erguem suas cidades às margens de rios, porque usam a água para beber e para irrigar suas plantações. Por essa razão, as cheias de rios afetam grande número de pessoas. Em alguns lugares, as pessoas ergueram barragens (represas) ou diques para proteger terras contra as enchentes de rios e para criar reservas para os períodos mais secos.

Inundação ou enchente é o transbordamento de água sobre um território seco. As enchentes sempre fizeram parte da vida na Terra. Quase todas as civilizações têm uma lenda sobre um grande dilúvio. Desde os tempos antigos, os povos erguem suas cidades às margens de rios, porque usam a água para beber e para irrigar suas plantações. Por essa razão, as cheias de rios afetam grande número de pessoas. Em alguns lugares, as pessoas ergueram barragens (represas) ou diques para proteger terras contra as enchentes de rios e para criar reservas para os períodos mais secos.

As inundações podem ser perigosas e destrutivas, provocando mortes e doenças. Mas nem sempre seu efeito é negativo. A população do antigo Egito dependia da cheia anual do rio Nilo para ajudá-la a cultivar suas plantações. Quando as águas lamacentas de uma enchente escoam, às vezes deixam para trás uma camada de solo úmido e fértil.

Causas

As inundações geralmente são causadas por chuvas fortes e prolongadas. Depois de muita chuva, a terra fica encharcada e perde a capacidade de absorver toda a água que cai sobre ela. Essa água escorre então para os lugares mais baixos, indo parar em riachos e rios. Na primavera, nos países de clima mais frio, a neve derretida pode somar-se à água da chuva. Devido ao volume extra de água que chega aos rios, o nível dos rios sobe. Quando o nível sobe tanto que a água transborda das margens do rio, ocorre uma inundação.

As inundações podem ser piores quando não há muita vegetação (árvores, capim e outras plantas) nas margens os rios. A terra com pouca vegetação geralmente tem capacidade menor de absorção de água. O resultado disso é que um volume maior de água chega ao rio e seus afluentes.

Inundações repentinas

As inundações repentinas são as mais perigosas. São causadas por chuvas muito fortes ou pelo rompimento de uma barragem. Quando isso acontece, o resultado pode ser uma inundação muito rápida que pega as pessoas desprevenidas, antes de conseguirem fugir. As inundações repentinas ocorrem com frequência em regiões montanhosas ou onde há leitos de rios secos. Em uma inundação desse tipo, um leito de rio que estava completamente seco é capaz de encher-se de água em questão de minutos.

Nas cidades em que há poucas áreas verdes e o escoamento de água das chuvas depende das canalizações construídas para a captação dessas águas, o lixo acumulado nas ruas acaba entupindo os bueiros e provocando inundações repentinas que poderiam ser evitadas.