jazz 

Photograph
O dixieland é um estilo de jazz que nasceu em Nova Orleans, no estado …
Robert Holmes/Corbis
Photograph
A cantora Billie Holiday (1955).
Bill Spilka—Hulton Archive/Getty Images
Photograph
Duke Ellington, à esquerda, com sua banda em Hollywood, na California, EUA, em 1937.
Frank Driggs—Frank Driggs Collection/Hulton Archve/Getty Images
Audio
Benny Goodman e sua orquestra tocam alguns de seus sucessos. Gravação de uma …
Public Domain
Photograph
Benny Goodman (à esquerda) e membros de sua banda, aproximadamente em 1938.
UPI/Bettmann Archive
Photograph
O trompetista Miles Davis (1969).
Votavafoto from London Daily Express/Pictorial Parade
Projetos na Área de Pesquisa

O jazz é um estilo de música que se originou entre os afro-americanos, nos Estados Unidos. Hoje, é muito popular no mundo todo.

O jazz é um estilo de música que se originou entre os afro-americanos, nos Estados Unidos. Hoje, é muito popular no mundo todo.

Características

Há muitas maneiras de tocar jazz, mas a maioria das músicas é, pelo menos em parte, improvisada. Isso significa que o músico de jazz compõe enquanto toca, vai inventando seu som a partir de um padrão melódico preestabelecido.

Os grupos de jazz usam grande variedade de instrumentos. Os mais comuns são o piano, a bateria, o contrabaixo (ou baixo), o trompete, o trombone e o saxofone — e, normalmente, há também cantores.

História

Nos séculos XVIII e XIX, os escravos levados da África para os Estados Unidos levaram sua música com eles. O resultado da mistura dessa música africana com a europeia, que já era tocada nos Estados Unidos, deu origem ao jazz. O ragtime, um estilo de música sincopada para piano, e o blues também influenciaram o jazz.

A cidade de Nova Orleans, no estado da Louisiana, é considerada o berço do jazz. Muitos músicos de jazz importantes, como o pianista Jelly Roll Morton, são de lá. A primeira gravação de jazz foi feita em 1917 por uma banda da cidade, a Original Dixieland Jazz Band.

Por volta de 1918, muitos músicos deixaram Nova Orleans rumo ao norte, e Chicago (no estado de Illinois), seu ponto de destino, logo se transformou na capital do jazz dos Estados Unidos. Nova York também se tornou um importante centro jazzístico.

Louis Armstrong foi um músico importante da época e ficou famoso no mundo inteiro. Seu estilo de jazz, conhecido como swing (suingue), foi muito popular nas décadas de 1930 e 1940. Benny Goodman e a cantora Billie Holiday também se destacaram nesse estilo de jazz.

Em meados da década de 1940 surgiu o bebop, uma contraposição ao swing que caracterizou o trabalho de músicos como Miles Davis, Dizzy Gillespie, Thelonius Monk, Bud Powell e Charlie Parker, avançando pelas duas décadas seguintes.

Outro tipo de jazz popular é o chamado big-band jazz (jazz de grandes orquestras), executado por um grande número de músicos. Duke Ellington foi um famoso músico e band leader (regente de orquestra), assim como Count Basie.

Durante as décadas de 1970 e 1980, músicos de vários países criaram novas formas de jazz. O resultado foi a uma fusão musical (fusion music) que combina jazz, rock e música latino-americana. No Brasil, quando surgiu a bossa nova, no final dos anos 1950, houve opositores à nova batida, que a acusavam de ter muita influência do jazz.