Leonardo da Vinci 

Photograph
Autorretrato de Leonardo da Vinci, num desenho com giz. No Palazzo Reale, em Turim, na …
Alinari/Art Resource, New York
Photograph
Mona Lisa, pintura a óleo, por Leonardo da Vinci; no Museu do Louvre, em …
© Everett-Art/Shutterstock.com
Photograph
A última ceia, afresco de Leonardo da Vinci; na igreja Santa Maria delle …
DeA Picture Library
Photograph
A Virgem dos Rochedos, pintura a óleo feita por Leonardo da Vinci, em …
Giraudon/Art Resource, New York
Photograph
Um esboço de uma máquina de movimento perpétuo por Leonardo da Vinci, da …
© Photos.com/Jupiterimages
Photograph
Desenho para um pára-quedas de Leonardo da Vinci, do Codex Atlanticus, …
Baldwin H. Ward and Kathryn C. Ward/Corbis
Projetos na Área de Pesquisa

Leonardo da Vinci foi um gênio em muitos campos. Distinguiu-se na pintura, no desenho, na escultura, na arquitetura e na engenharia. Foi uma figura da maior importância no Renascimento italiano, época de grandes realizações nas artes e nas ciências. As pinturas de Da Vinci, como a Mona Lisa e A última ceia, deram-lhe grande fama. Mas ele também é bem conhecido por seus estudos científicos.

Leonardo da Vinci foi um gênio em muitos campos. Distinguiu-se na pintura, no desenho, na escultura, na arquitetura e na engenharia. Foi uma figura da maior importância no Renascimento italiano, época de grandes realizações nas artes e nas ciências. As pinturas de Da Vinci, como a Mona Lisa e A última ceia, deram-lhe grande fama. Mas ele também é bem conhecido por seus estudos científicos.

Juventude

Leonardo da Vinci nasceu em 15 de abril de 1452, perto de Vinci, na República de Florença, que hoje é parte da Itália. Aos quinze anos, começou a estudar com o artista Andrea del Verrocchio, em Florença. Verrocchio ensinou-lhe pintura, escultura e a elaboração de projetos de aparelhos mecânicos.

Pinturas e cadernos

De 1482 a 1499, em Milão, Da Vinci trabalhou para um duque como pintor e engenheiro. Apesar de ter concluído apenas seis pinturas nesse período, entre elas estavam nada menos do que duas de suas obras-primas: A última ceia e A Virgem dos Rochedos.

Em Milão, Da Vinci também passou a estudar a natureza. Ele pensava que, observando atentamente os objetos e desenhando-os com precisão, um artista se tornaria capaz de adquirir conhecimentos científicos. Anotava suas observações em uma série de cadernos, muitos deles disponíveis para observação e estudo em museus e bibliotecas. Por exemplo, o Codex Atlanticus, uma coleção de 12 volumes com 1.750 desenhos e cem páginas de anotações sobre diversos assuntos, é um documento extraordinário que permite entender o gênio de Da Vinci em várias áreas. A coleção está na Biblioteca Ambrosiana, em Milão, na Itália.

Os cadernos de Leonardo da Vinci tratavam de muitos temas, como pintura, arquitetura, maquinário, a estrutura do corpo humano e a ciência do voo. Mais de trezentos anos antes de as máquinas voadoras serem aperfeiçoadas, da Vinci já havia desenvolvido projetos para a construção de um avião e de um helicóptero.

Últimos anos

Em 1503, Da Vinci voltou a Florença. Lá, ele continuou seus estudos científicos e dedicou-se a quatro pinturas magníficas, entre elas a Mona Lisa. Passou alguns de seus últimos anos em Milão e em Roma. Em 1516, mudou-se para Cloux (hoje Clos-Lucé), na França, e trabalhou para o rei francês Francisco I. Lá, passou a maior parte do tempo editando seus escritos. Leonardo da Vinci morreu em Cloux, em 2 de maio de 1519.