número 

Art
Os algarismos indo-arábicos são usados hoje na maior parte dos países do …
Encyclopædia Britannica, Inc.
Projetos na Área de Pesquisa

O número é uma unidade básica de matemática. Os números são usados para contar, medir e comparar quantidades. Um sistema numérico é um conjunto de símbolos, ou numerais, usados para representar os números. O sistema mais comum utiliza dez símbolos chamados dígitos, ou algarismos — 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 e 9 —, e combinações deles.

O número é uma unidade básica de matemática. Os números são usados para contar, medir e comparar quantidades. Um sistema numérico é um conjunto de símbolos, ou numerais, usados para representar os números. O sistema mais comum utiliza dez símbolos chamados dígitos, ou algarismos — 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 e 9 —, e combinações deles.

Tipos de números

Os números podem ser classificados de diferentes maneiras. A classe mais simples é a dos números naturais, e seu uso mais simples é a contagem (1, 2, 3, …).

Os números naturais também são chamados números positivos porque são maiores do que 0. Para cada um dos números positivos existe um número negativo (-1, -2, -3, …). Os números negativos são menores do que 0. Os números naturais, seus equivalentes negativos e o 0 constituem o conjunto de números chamados inteiros. Os números inteiros podem ser representados por pontos em uma linha que continua para sempre nas duas direções:

Art

As frações são números que representam partes de um todo. As frações são escritas com algarismos separados por uma barra horizontal ou diagonal, como em 3/4. O dígito que fica embaixo ou em frente da barra é chamado denominador. O que fica em cima ou atrás da barra é chamado numerador. Ao ler uma fração, fala-se primeiro o numerador. Por exemplo, 3/4 é lido “três quartos”. As frações também podem ser representadas em uma linha de números:

Art

As frações podem ser escritas em uma forma chamada decimal. Os números decimais são escritos usando-se os algarismos (de 0 a 9) com uma vírgula chamada vírgula decimal. A fração pode ser transformada em decimal dividindo o numerador pelo denominador. Dessa forma, 3/4 pode ser transformado no decimal 0,75.

Antigos sistemas numéricos

O primeiro sistema numérico foi provavelmente o sistema de contagem por entalhes. Nesse sistema, uma marca diferente era feita para cada item contado. Ele era prático apenas para pequenas quantidades.

Os antigos egípcios desenvolveram um sistema complexo para escrever grandes números na forma de símbolos chamados hieróglifos. Existe um único hieróglifo para o número 1.000. Mas, para escrever o número 999, era necessário escrever o símbolo de 100 nove vezes, o símbolo do número 10 nove vezes, e finalmente o símbolo do número 1 nove vezes.

Os romanos utilizavam letras para representar os números: I para 1, V para 5, X para 10, L para 50, C para 100, D para 500, e M para 1.000. As letras que representam números nesse sistema são chamadas de algarismos romanos. Na numeração romana, 256 se escreve CCLVI.

Base dez e outros sistemas

O sistema de números mais comum hoje é chamado sistema decimal ou de base dez. Ele tem 10 dígitos (de 0 a 9), que podem ser juntados para escrever qualquer número. O sistema de base dez foi inventado pelos indianos na Índia antiga. Mais tarde, os árabes aprimoraram o sistema. Por esse motivo, os dígitos de 0 a 9 são chamados algarismos indo-arábicos (ou apenas arábicos).

No sistema de base dez, o valor de cada dígito depende de sua posição, ou “lugar” no número. Existe o lugar das unidades, o das dezenas, o das centenas, etc. Por exemplo, no número 456, o 4 está no lugar das centenas, o 5 no lugar das dezenas e o 6 no das unidades. Escrito de outra maneira, o número 456 de fato representa (4 × 100) + (5 × 10) + (6 × 1).

Para algumas finalidades, outros sistemas numéricos são mais úteis que o sistema de base dez. Por exemplo, os computadores usam o sistema numérico de base dois, ou binário. Em vez de 10 dígitos, esse sistema utiliza apenas dois: 0 e 1. No computador, esses números representam “desliga” e “liga,” as duas únicas posições possíveis dos interruptores elétricos do computador.