Índice deste artigo
Imprimir este Índice

pavão 

Photograph
Um pavão-azul (ou indiano).
© Karen Grigoryan/Shutterstock.com
Photograph
Detalhe de uma pena de pavão.
© Corbis RF
Photograph
O pavão (Pavo cristatus) exibe-se para a fêmea.
Norman Tomalin/Bruce Coleman Inc.
Projetos na Área de Pesquisa

O pavão é famoso por sua grande cauda de penas coloridas em forma de leque. Essa linda ave azul e verde é criada em cativeiro há milhares de anos. A fêmea do pavão é a pavoa.

O pavão é famoso por sua grande cauda de penas coloridas em forma de leque. Essa linda ave azul e verde é criada em cativeiro há milhares de anos. A fêmea do pavão é a pavoa.

Os pavões pertencem à família dos faisões, a dos fasianídeos. Há três espécies, ou tipos, de pavão: o pavão-azul (ou indiano), o pavão-verde (ou javanês) e o pavão-do-congo. Os únicos pavões que possuem cauda de penas coloridas são os machos das espécies azul e verde.

Os pavões geralmente vivem em florestas de planície. À noite, eles dormem em árvores. O pavão-azul é originário do sul da Ásia, ao passo que o verde vem do sudoeste do continente asiático. O pavão-do-congo é encontrado na África central.

Nas espécies azul e verde, o corpo do macho mede de 90 a 130 centímetros. Sua cauda é composta por penas de cor verde-metálica de cerca de 1,5 metro de comprimento. Cada pena da cauda possui um ponto brilhante que se assemelha a um olho. Um tufo de penas coroa a cabeça do macho. A fêmea de ambas as espécies é verde e marrom e quase tão grande quanto o macho.

Os machos azuis e verdes gostam de se exibir para atrair as fêmeas, erguendo a cauda e abrindo-a como um leque. Depois, andam pomposamente e sacodem a cauda, fazendo as penas brilhar e farfalhar.

O corpo do pavão-do-congo é azul e verde. Sua cauda é pequena e arredondada. A pavoa é verde e avermelhada.