fotografia 

Photograph
Um fotógrafo prepara-se para fotografar uma mulher em seu estúdio, no início …
Alinari Archives/Corbis
Photograph
Uma jovem fotógrafa aprende a revelar fotografias. A sala onde ela trabalha tem uma …
David Adame/AP
Photograph
Exemplo de diferentes tipos de efeitos numa fotografia de acordo à exposição …
Encyclopædia Britannica, Inc.
Photograph
Fotografia do início do século XX da avenida Rio Branco, que cruza o centro da cidade …
National Photo Company Collection/Library of Congress, Washington, D.C. (LC-DIG-npcc-19301)
Video

Sequência fotográfica acelerada de diversas flores brotando.
Encyclopædia Britannica, Inc.
Projetos na Área de Pesquisa

Fotografia é uma imagem feita (em preto e branco ou a cores) através de uma câmera ou máquina fotográfica e registrada em um filme em ou outro material.

Fotografia é uma imagem feita (em preto e branco ou a cores) através de uma câmera ou máquina fotográfica e registrada em um filme em ou outro material.

Utilização

A fotografia é uma forma de comunicação útil: os fotógrafos registram informações sobre pessoas, lugares, objetos e eventos que as palavras, muitas vezes, não poderiam descrever. São registros históricos, de fatos e acontecimentos da vida das pessoas.

Desde o século XIX, jornais e revistas estampam fotografias de pessoas e eventos importantes. Os anunciantes e as agências de propaganda usam fotografias para mostrar seus produtos; cientistas, médicos e delegacias de polícia as utilizam para registrar informações importantes.

Além de ser um registro, a fotografia é uma forma de arte — muitos museus e galerias apresentam fotos criadas por artistas —, mas, acima de tudo, é um hobby muito popular. As pessoas costumam fotografar suas viagens, festas, aniversários, casamentos, nascimento dos filhos e reuniões com amigos e familiares.

Como fotografar

As câmeras usadas pelos fotógrafos podem ser as tradicionais, que registram as imagens num filme, ou as digitais, que usam chips de computador.

O filme é um material fino e transparente, com um revestimento especial que sofre reações químicas quando exposto à luz que entra na máquina fotográfica. Essa reação cria uma imagem. A seguir, o fotógrafo tira o filme da câmera e, com o auxílio de produtos químicos, revela a imagem registrada na película. Esse processo, chamado revelação, dá origem a um negativo. No filme negativo, as partes escuras da imagem aparecem claras e vice-versa. Depois, é preciso projetar uma luz através do negativo sobre um papel fotográfico, para se obter a cópia da foto em papel. Com um só negativo de uma fotografia é possível fazer muitas cópias dela.

Com os avanços tecnológicos na primeira década do século XXI, foram desenvolvidos novos aparelhos para tirar fotografias como o tablet e o smartphone (termo em inglês para telefones celulares com funcionalidades avançadas). Também, apareceram novos aplicativos que ajudam a tirar e editar fotografias digitais para obter imagens de alta qualidade e ressolução.

As câmeras digitais e as de celulares não usam filme. Elas transformam as imagens em sinais elétricos que são armazenados em microchips, de onde podem ser transferidas para o computador. Se o computador estiver conectado a uma impressora, as fotos podem ser impressas em casa ou levadas a um laboratório e copiadas em papel fotográfico.

Existem dispositivos nas máquinas fotográficas que permitem controlar a criação da imagem. O obturador controla a quantidade de luz que entra, permitindo ao fotógrafo criar alguns efeitos. A objetiva, que foca os feixes de luz, também pode variar. Uma objetiva especial, chamada grande angular, tem um ângulo visual maior do que a objetiva normal, enquanto a teleobjetiva permite aproximar objetos distantes.

História

O francês Louis Daguerre fez uma das primeiras fotografias em 1837, registrando, com sua câmera, imagens sobre placas metálicas, chamadas daguerreótipos. O principal problema era que essas placas não permitiam que fossem feitas cópias da imagem original.

Poucos anos depois, o cientista britânico William Henry Fox Talbot inventou a imagem em negativo, que permitia a impressão de várias cópias em papel. Esse é o método usado até hoje.

As primeiras fotografias eram difíceis de tirar, porque as câmeras eram grandes, pesadas, e registravam as imagens em placas rígidas, não em filmes. No fim do século XIX, o inventor George Eastman criou o filme flexível e uma câmera pequena e simples, tornando a fotografia acessível a todos.

Até 1907, quando foi criado o filme colorido, todas as fotos eram em preto e branco. O filme preto e branco instantâneo surgiu em 1947, e era usado em uma máquina fotográfica especial, chamada Polaroid. A imagem era revelada em poucos minutos, assim que o filme era retirado da câmera. Em 1963 surgiu o filme Polaroid colorido. As câmeras digitais só foram criadas na década de 1990.