cerâmica 

Photograph
Este ceramista da Índia modela argila num torno, que ele faz girar com o pé.
Chris Lisle/Corbis
Photograph
Ânforas — potes com alças — feitas pelos gregos antigos da …
Michael Nicholson/Corbis
Projetos na Área de Pesquisa

Cerâmica é a arte de fazer vasos, esculturas e outros objetos com argila. Após ser modelada, a argila vai para o forno, o que a deixa dura e resistente ao calor e à água. Os objetos prontos também são chamados de cerâmica.

Cerâmica é a arte de fazer vasos, esculturas e outros objetos com argila. Após ser modelada, a argila vai para o forno, o que a deixa dura e resistente ao calor e à água. Os objetos prontos também são chamados de cerâmica.

A palavra “cerâmica” vem do grego keramos, que significa “objeto queimado”. É o produto feito pelo homem mais antigo que existe. Não se sabe que povo a descobriu, mas há registros de que se faz cerâmica há 10 mil ou 15 mil anos. Quando o homem pré-histórico saiu das cavernas e começou a plantar, precisava de recipientes para armazenar água, frutos colhidos e sementes para plantar. E as peças de cerâmica eram usadas para isso.

Povos antigos do mundo todo faziam cerâmica. Muitas vezes, os objetos — ânforas, jarros, potes e vasos — eram modelados em relevo ou pintados com figuras humanas ou de animais. Séculos depois, tornaram-se peças de arte; com elas, os estudiosos podem reconstituir uma parte do cotidiano de um povo.

Os arqueólogos (pessoas que se dedicam à pesquisa das civilizações passadas) estudam as cerâmicas antigas porque suas pinturas e seus relevos contêm informações que os ajudam a descobrir como os povos antigos viviam, quais eram suas crenças, como lutavam e o que comiam.

A cerâmica marajoara, descoberta na ilha de Marajó, no norte do Brasil, é um exemplo de cerâmica pré-histórica. Foi descoberta durante escavações arqueológicas feitas na década de 1960. As peças mais antigas datam de cerca de 980 a.C., e as mais elaboradas, com relevos, desenhos e pinturas, são dos anos 300 a 350.

Atualmente há duas formas de produção: a cerâmica artística, feita à mão, e a cerâmica industrializada. As indústrias produzem telhas, pisos e azulejos cerâmicos, além de peças para a construção e para a casa, como filtros de água e moringas, que mantêm a água fresca.

Na área da tecnologia de ponta, pequenas peças de cerâmica são colocadas na parte externa dos foguetes. Elas dão resistência às naves espaciais para enfrentar a alta temperatura gerada pelo atrito com a atmosfera, no regresso à Terra.

Tipos de cerâmica

Existem três tipos básicos de cerâmica: faiança, grés e porcelana. A faiança é a forma de cerâmica mais simples e antiga. Se não for revestida de esmalte, fica porosa. Depois de esmaltada, é “queimada” no forno de alta temperatura, onde o esmalte se derrete e forma uma fina camada vitrificada sobre a peça.

O grés e a porcelana — mesmo sem esmalte — não são porosos. O grés é muito duro, lembrando uma pedra, por isso em inglês é chamado de stoneware. A porcelana é delicada, fina, leve e brilhante; quando esmaltada, com ela fazem-se objetos decorativos. Esses dois tipos de cerâmica se originaram na China há mais de mil anos. A China é o centro de fabricação de cerâmica mais antigo do mundo.

Como a cerâmica é feita

As peças podem ser modeladas à mão ou com um molde. Também podem ser feitas num torno. O ceramista coloca a argila no torno, que fica girando enquanto ele vai modelando a argila com as mãos até formar o objeto desejado: um vaso, um prato, um pote etc. O torno faz as vezes de um molde: ajuda a manter a peça com os lados iguais, o que é mais difícil de conseguir quando ela é feita à mão.

Quando a cerâmica seca completamente, está pronta para a “queima”. A temperatura para a faiança precisa ser de 760°C, enquanto a do grés é de 1.200°C a 1.350°C e a da porcelana, de 1.450°C.

Após a queima, as cerâmicas podem ser esmaltadas e pintadas. Os esmaltes são feitos de minerais de várias cores. A pintura pode ser feita antes ou depois de se esmaltar a peça. Quando ela já está esmaltada e pintada, é queimada novamente para fixar o esmalte e a pintura.