Índice deste artigo
Imprimir este Índice

Talmude 

Photograph
Estes rapazes estudam o Talmude em uma escola especial chamada “yeshivá”. O …
© Ted Spiegel/Corbis
Projetos na Área de Pesquisa

O Talmude é uma coletânea de ensinamentos judaicos antigos. As leis escritas do judaísmo são encontradas na Torá, que é composta pelos cinco primeiros livros da Bíblia. Os antigos judeus também seguiam muitos ensinamentos orais, ou seja, não escritos, e acrescentavam a eles seus próprios comentários. Estes incluíam interpretações das leis e histórias que ajudavam a explicar as lições morais. Juntas, essas coletâneas de leis, interpretações e histórias são conhecidas como Talmude.

O Talmude é uma coletânea de ensinamentos judaicos antigos. As leis escritas do judaísmo são encontradas na Torá, que é composta pelos cinco primeiros livros da Bíblia. Os antigos judeus também seguiam muitos ensinamentos orais, ou seja, não escritos, e acrescentavam a eles seus próprios comentários. Estes incluíam interpretações das leis e histórias que ajudavam a explicar as lições morais. Juntas, essas coletâneas de leis, interpretações e histórias são conhecidas como Talmude.

O Talmude foi escrito por muitos rabinos (líderes religiosos judeus) ao longo de séculos. A primeira parte é a Mishná, que apresenta as leis orais. Estudiosos acreditam que um rabino da Palestina (uma região do Oriente Médio) tenha concluído a Mishná no início do século III. Ela tem seis seções, abrangendo regras sobre as orações diárias e a agricultura, rituais especiais, casamento, direito criminal e civil, normas do templo e higiene.

A segunda parte do Talmude é a Guemará, que contém comentários sobre as ideias tratadas na Mishná. A Guemará foi escrita por rabinos entre os séculos III e VI. Existem duas versões dela: uma escrita na Palestina e outra na Babilônia (uma região histórica do sudoeste da Ásia). Os estudiosos modernos consideram a versão babilônica mais completa.