Vênus 

Photograph
Massas de nuvens densas giram em torno de Vênus, como se vê nesta fotografia tirada …
Jet Propulsion Laboratory/National Aeronautics and Space Administration
Projetos na Área de Pesquisa

Vênus é um dos planetas que gira em torno do Sol, no Sistema Solar. É o planeta mais brilhante do céu, visto da Terra, o mais quente e também o vizinho mais próximo de nós (depois da Lua). Vênus é o segundo planeta a partir do Sol e fica a 108 milhões de quilômetros de distância dele.

Vênus é um dos planetas que gira em torno do Sol, no Sistema Solar. É o planeta mais brilhante do céu, visto da Terra, o mais quente e também o vizinho mais próximo de nós (depois da Lua). Vênus é o segundo planeta a partir do Sol e fica a 108 milhões de quilômetros de distância dele.

Características

Vênus tem quase o mesmo peso e o mesmo tamanho que a Terra. Seu diâmetro — que é a distância de um ponto da superfície a outro passando pelo centro — é de cerca 12.100 quilômetros. O planeta é sólido e rochoso. Os cientistas acreditam que Vênus tenha camadas, como a Terra. Elas consistiriam em um núcleo de metal, um espesso miolo rochoso e uma crosta.

Photograph
Idunn Mons, um vulcão em Vênus, visto em uma imagem criada a partir de dados obtidos …
NASA/JPL/ESA

No passado, a lava que irrompia de vulcões formou a superfície de Vênus. A maior parte da paisagem é feita de planícies ou de leves ondulações, embora existam altas montanhas.

A atmosfera, ou camada de gases, que circunda Vênus é espessa e densa. E nuvens grossas cobrem o planeta. Os gases e as nuvens prendem o calor, de modo que a temperatura da superfície de Vênus se mantém em torno de 464°C. Sua superfície é tão quente que o chumbo ali se derrete.

Translação e rotação

Video

Ao longo de um período de seis horas entre 5 e 6 de junho de 2012, a sonda …
NASA/Goddard Space Flight Center/SDO

Como todos os planetas, Vênus tem dois tipos de movimento: translação e rotação. A órbita que o planeta segue em seu percurso em volta do Sol é a translação. Vênus orbita o Sol em um círculo quase perfeito. O planeta leva 225 dias terrestres para completar uma órbita; em outras palavras, um ano em Vênus dura 225 dias terrestres.

O outro movimento é a rotação — ou seja, a volta que ele dá sobre seu centro. A translação e a rotação de um planeta são informações que servem para determinar a duração do dia desse planeta. Para a maior parte dos planetas, um dia é igual ao tempo que dura uma rotação completa em torno de seu eixo. Vênus é fora do comum porque a duração de seu dia é muito diferente do tempo que leva sua rotação. O planeta leva 243 dias terrestres para executar uma volta, mas o dia em Vênus dura 117 dias terrestres. Na verdade, o dia de um planeta é igual ao tempo que o Sol leva para aparecer no céu, desaparecer e voltar a aparecer de novo no céu desse planeta.

Observação e exploração

Desde a Antiguidade, Vênus sempre pôde ser observado da Terra a olho nu. Além disso, mais de vinte naves espaciais teleguiadas visitaram o planeta. A nave espacial americana Mariner 2 passou por Vênus em 1962. Foi o primeiro artefato feito pelo ser humano a voar perto de outro planeta. Em 1970, a nave soviética Venera 7 pousou em Vênus; na verdade, ela foi a primeira nave a conseguir pousar em outro planeta. Nos anos 1990, a nave espacial americana Magellan (Magalhães) mapeou a superfície de Vênus de forma detalhada. Em 2005, a Agência Espacial Europeia lançou outra nave, para estudar a atmosfera de Vênus.