nitrogênio 

Video

Uma visão geral dos ciclos de nitrogênio e fósforo na biosfera.
Encyclopædia Britannica, Inc.
Projetos na Área de Pesquisa

O elemento químico nitrogênio é um gás que compõe grande parte da atmosfera terrestre. Ele é também um dos principais elementos químicos que constituem os seres vivos. Os cientistas usam símbolos para identificar elementos químicos, e o do nitrogênio é N.

O elemento químico nitrogênio é um gás que compõe grande parte da atmosfera terrestre. Ele é também um dos principais elementos químicos que constituem os seres vivos. Os cientistas usam símbolos para identificar elementos químicos, e o do nitrogênio é N.

Onde se encontra o nitrogênio

Além de existir no ar, o nitrogênio livre é encontrado em muitos meteoritos, em gases vulcânicos, em minas e em algumas nascentes de água, bem como em estrelas e nebulosas. O nitrogênio encontrado em seres vivos está unido a outros elementos, em combinações chamadas compostos. Outros compostos de nitrogênio são encontrados na atmosfera, na água da chuva, no solo e no mar.

Propriedades e usos

O nitrogênio não tem cor, sabor nem cheiro. Por si só é muito pouco ativo e, para ser aproveitado pelos seres vivos, precisa ser combinado em compostos, que são usados para o crescimento de plantas e para a produção de proteínas nos animais. Sob temperaturas muito baixas, o nitrogênio vira líquido, tornando-se útil para o congelamento de alimentos e para manter alimentos refrigerados durante transportes de longa duração.

Os dois compostos de nitrogênio mais usados comercialmente em fábricas são a amônia e o ácido nítrico. A amônia é um gás aproveitado para preparar diversos compostos de nitrogênio. O ácido nítrico é um líquido usado para produzir fertilizantes, corantes, remédios e explosivos.

A fixação do nitrogênio

O nitrogênio não se combina facilmente com outros elementos e é preciso utilizar um processo chamado fixação, que acontece de diversos modos. Na natureza, pode ocorrer quando a luminosidade de certas radiações atravessa o nitrogênio no ar. A maioria dos compostos de nitrogênio é formada no solo por pequenos organismos chamados bactérias. As bactérias criam compostos, chamados nitratos, que as plantas utilizam para crescer. Quando a planta morre, ela se decompõe e o nitrogênio retorna ao solo. Mas, quando a plantação é colhida, o nitrogênio não volta para o solo. Os cientistas criaram compostos em laboratório para fixar o nitrogênio no solo. Para uma nova plantação crescer, os agricultores adicionam ao solo esses compostos artificiais, chamados fertilizantes.

O ciclo do nitrogênio

O processo de fixação do nitrogênio é parte de um ciclo natural. O nitrogênio livre é convertido em compostos chamados amônia e nitratos. As plantas absorvem e utilizam esses compostos. Os animais, por sua vez, comem as plantas e transformam seus compostos em outros que seus organismos podem usar. Quando as plantas ou os animais morrem, eles se decompõem, ou se desfazem, e o nitrogênio volta ao solo. A urina e as fezes excretadas pelos animais também contêm nitrogênio que volta ao solo. E assim o ciclo recomeça.