Índice deste artigo
Imprimir este Índice

bossa nova 

Photograph
Sentado ao piano, o famoso compositor brasileiro de bossa nova Tom Jobim toca flauta em seu …
Stephanie Maze/Corbis
Photograph
O poeta e compositor Vinícius de Moraes com Diogo Pacheco, Paulo Autran, Cyro Monteiro e …
Agencia Estado/AP
Projetos na Área de Pesquisa

A bossa nova foi um movimento musical brasileiro surgido no final da década de 1950 no Rio de Janeiro. Seu nome se referia a uma nova maneira de tocar e cantar o samba, mais suave e harmônica. Não demorou para que o gênero musical fizesse sucesso e ficasse conhecido no mundo todo.

A bossa nova foi um movimento musical brasileiro surgido no final da década de 1950 no Rio de Janeiro. Seu nome se referia a uma nova maneira de tocar e cantar o samba, mais suave e harmônica. Não demorou para que o gênero musical fizesse sucesso e ficasse conhecido no mundo todo.

A bossa nova nasceu das reuniões de músicos cariocas da zona sul da cidade, especialmente no bairro de Copacabana. Logo ela saiu do meio universitário e dos apartamentos para ocupar bares e calçadas desse bairro.

Photograph
O violonista e cantor baiano João Gilberto, considerado um dos precursores da bossa nova.
Starlight
Photograph
A cantora Nara Leão no Festival de Música Popular Brasileira, em São Paulo …
Agencia Estado/AP

Para muitos críticos, o disco que marcou o início do estilo foi o compacto simples do violonista e cantor baiano João Gilberto, em 1958, com as faixas “Chega de saudade” (de Antônio Carlos Jobim e Vinícius de Moraes) e “Bim bom” (do próprio João Gilberto). O músico Antônio Carlos Jobim e o poeta Vinícius de Moraes, considerados os maiores compositores da bossa nova, escreveram clássicos como “Garota de Ipanema”, “Ela é carioca” e “Eu sei que eu vou te amar”. Outros compositores, intérpretes e arranjadores tiveram papel essencial neste gênero musical, entre eles João Donato, Roberto Menescal, Carlos Lyra, Sylvia Telles, Nara Leão, Johnny Alf, Luiz Bonfá e Luiz Eça.

No início, a bossa nova foi influenciada pelo jazz americano da época. Porém, a partir da década de 1960, acabou influenciando o próprio jazz e a música mundial. Em 1962, grandes compositores e intérpretes brasileiros, entre os quais Tom Jobim, João Gilberto e Sérgio Mendes, apresentaram um concerto histórico na casa de espetáculos Carnegie Hall, em Nova York, nos Estados Unidos. A partir daí, as canções da bossa nova começaram a ser gravadas por artistas americanos de projeção internacional, como Frank Sinatra, Stan Getz e Ella Fitzgerald.

Em meados dos anos 1960, a bossa nova tomou outros rumos. Jovens compositores e intérpretes queriam se afastar das influências jazzísticas americanas e resgatar as raízes brasileiras. Edu Lobo, Francis Hime e os irmãos Paulo Sérgio e Marcos Valle eram os principais nomes desse período.

Photograph
O cantor, compositor e escritor brasileiro Chico Buarque em um concerto, no Rio de Janeiro (2006).
Julio Etchart/Alamy
Photograph
A cantora brasileira Elis Regina no Festival de Música Popular Brasileira da TV Record, …
Agencia Estado/AP

Daí em diante surgiram alguns artistas que criaram a chamada MPB (música popular brasileira). Esta, distinguindo-se da bossa nova, lançou compositores como Chico Buarque e Caetano Veloso e intérpretes como Elis Regina e Gal Costa.

A bossa nova continua a influenciar a música brasileira e internacional. Artistas mais recentes têm adaptado o gênero musical ao gosto contemporâneo, mesclando-o com música eletrônica ou outros ritmos. Entre esses artistas destacam-se a cantora brasileira Bebel Gilberto, filha de João Gilberto, e a pianista e cantora de jazz canadense Diana Krall.