Índice deste artigo
Imprimir este Índice

Vítor Meireles 

Projetos na Área de Pesquisa

Vítor Meireles de Lima foi um dos pintores e desenhistas brasileiros mais famosos de seu tempo, o século XIX.

Vítor Meireles de Lima foi um dos pintores e desenhistas brasileiros mais famosos de seu tempo, o século XIX.

Nasceu em agosto de 1832 na cidade de Desterro, que depois virou Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina. Quando tinha 15 anos, entrou para a Academia Imperial de Belas-Artes do Rio de Janeiro, onde estudou pintura histórica.

Com 20 anos, Meireles fez uma pintura, São João Batista no cárcere, que foi considerada muito bonita. Ganhou, então, uma bolsa de estudos e foi para a França e a Itália. Em Paris, teve aulas com os pintores Andrea Gastaldi e Leon Cogniet. Em Roma, conheceu os trabalhos e as técnicas de Tommaso Minardi e Nicola Consoni.

Em 1861, expôs no Salão de Paris uma de suas pinturas mais conhecidas, A primeira missa no Brasil. Para fazê-la, inspirou-se na carta que Pero Vaz de Caminha mandou ao rei de Portugal em 1500, por motivo do descobrimento do Brasil.

Em 1862, Vítor Meireles voltou ao Brasil e foi nomeado professor da Academia Imperial, do Rio de Janeiro. Fez muitas pinturas panorâmicas da cidade.

Com a proclamação da República, em 1889, a Academia Imperial mudou de nome. Passou a se chamar Escola Nacional de Belas-Artes. Vítor Meireles e outros professores foram demitidos e marginalizados por serem considerados pintores da monarquia.

Vítor Meireles morreu em fevereiro de 1903, aos 71 anos. Boa parte de sua obra pode ser vista no Museu Nacional de Belas-Artes, no Rio de Janeiro, e no Museu Vítor Meireles, em Florianópolis.