Ronaldo 

Photograph
Ronaldo, jogador de futebol brasileiro recordista em gols marcados em Copas do Mundo, antes de …
© sportgraphic/Shutterstock.com
Projetos na Área de Pesquisa

Ronaldo Luis Nazário de Lima, chamado muitas vezes de “Fenômeno”, foi jogador de futebol brasileiro e celebridade mundial. Sua carreira foi marcada por altos e baixos e uma infinidade de fatos registrados nos jornais e nas revistas do mundo todo. Constantemente é citado como exemplo de atleta dedicado e inteligente, que superou dificuldades emocionais e físicas para permanecer nos campos.

Ronaldo Luis Nazário de Lima, chamado muitas vezes de “Fenômeno”, foi jogador de futebol brasileiro e celebridade mundial. Sua carreira foi marcada por altos e baixos e uma infinidade de fatos registrados nos jornais e nas revistas do mundo todo. Constantemente é citado como exemplo de atleta dedicado e inteligente, que superou dificuldades emocionais e físicas para permanecer nos campos.

Infância

Ronaldo nasceu no dia 22 de setembro de 1976, no subúrbio de Bento Ribeiro, na cidade do Rio de Janeiro. Terceiro filho de uma família humilde, gostava de jogar bola nos campinhos de rua e de futebol de salão nos ginásios de clubes do subúrbio carioca. Logo foi descoberto por um “olheiro” (pessoa que assiste a jogos de times não profissionais a fim de encontrar novos talentos) e levado para o pequeno time carioca do São Cristóvão.

Com apenas 16 anos, passou a jogar na equipe do Cruzeiro, de Minas Gerais, e virou notícia porque em apenas catorze jogos do Campeonato Brasileiro marcou doze gols. Um ano depois já era o artilheiro do campeonato, levando o Cruzeiro à conquista do título.

O brilho lhe garantiu um lugar no banco de reservas da Copa do Mundo de 1994, disputada nos Estados Unidos, de onde voltou como campeão. A essa altura tinha apenas 17 anos e repetiu o feito de Pelé, que também foi pela primeira vez a uma Copa do Mundo com essa idade — embora, ao contrário de Pelé, não tenha chegado a atuar nela.

Carreira internacional

Na década de 1990, Ronaldo entrou para o grupo de atletas cujo passe (contrato para atuar num time) é vendido a peso de ouro para clubes de outros países. Seu passe foi vendido ao PSV Eindhoven, da Holanda, por uma quantia considerada alta naquele tempo: 6 milhões de dólares.

A partir daí, o valor de seus contratos e de seus salários foi ficando cada vez mais alto, porque Ronaldo encantava torcedores e companheiros de time com as jogadas espetaculares e a velocidade para driblar, chegar à área do time adversário e fazer muitos gols.

Jogou nos clubes Barcelona (da Espanha) e Internazionale de Milão (da Itália), contribuindo para a conquista, pelos dois times, de títulos importantes de campeonatos europeus. Foram os italianos que lhe deram o apelido de Fenômeno. Foi eleito o melhor jogador do mundo duas vezes consecutivas pela FIFA (Federação Internacional de Futebol), em 1996 e 1997.

Reviravoltas

Em 1999, machucou-se seriamente durante uma partida. No ano seguinte, teve de fazer uma cirurgia complicada no joelho, o que o afastou dos campos por dois anos.

Nessa época, muita gente acreditava que Ronaldo não jogaria mais futebol, pois sua péssima atuação na última partida disputada pelo Brasil na Copa da França, um ano antes, já indicava complicações emocionais.

No entanto, contrariando todas as previsões, Ronaldo não desistiu do futebol, e demonstrou toda a sua força de superação após ser contratado pelo clube Real Madrid (da Espanha). Com esse time, conquistou então o Mundial Interclubes de 2002, brilhou na conquista Copa do Mundo pela seleção brasileira, realizada no mesmo ano, e, em 2006, se tornou o maior artilheiro da história das copas.

Em 2008, fora de forma, Ronaldo foi vendido ao time do Corinthians, retornando finalmente aos campos do Brasil. Com o time paulista o craque cotinuou tendo muitas lessões menores na perna e teve dificuldade de perder peso por causa do hipotireoidismo. Eses fatores levaram Ronaldo a se aposentar do futebol em fevereiro de 2011.

O sucesso de Ronaldo o colocou também nas campanhas de solidariedade mundo afora. Ao longo dos anos, tem participado de eventos pela paz mundial, como embaixador da Organização das Nações Unidas (ONU) na luta contra a pobreza e a fome.

Ronaldo tem três filhos, um menino de seu primeiro casamento, e duas meninas da terceira união.