Índice deste artigo
Imprimir este Índice

valsa 

Photograph
Casais dançando valsa em Viena.
The Bettmann Archive
Projetos na Área de Pesquisa

A valsa (do alemão walzen, que significa “revolver”) é uma dança de salão muito popular que evoluiu no século XVIII. É caracterizada por um passo, um deslizamento e outro passo — no tempo 3/4 (três por quatro). A valsa, com seus pares que giram abraçados, inicialmente chocou a sociedade formal. No século XIX, contudo, ela se tornou a dança de salão preferida e manteve sua popularidade no século XX.

A valsa (do alemão walzen, que significa “revolver”) é uma dança de salão muito popular que evoluiu no século XVIII. É caracterizada por um passo, um deslizamento e outro passo — no tempo 3/4 (três por quatro). A valsa, com seus pares que giram abraçados, inicialmente chocou a sociedade formal. No século XIX, contudo, ela se tornou a dança de salão preferida e manteve sua popularidade no século XX.

Photograph
Johann Strauss, o Jovem, conhecido como “o rei da valsa”.
Harris & Ewing Collection/Library of Congress, Washington, D.C. (Digital File Number: LC-DIG-hec-23696)

Entre suas variações estão a valsa vienense — rodopiante — e a deslizante valsa de Boston, ou inglesa, com movimentos mais alargados. Alguns dos compositores de valsas mais famosos são Frédéric François Chopin, Piotr Ilitch Tchaikovski e Johann Strauss e seus filhos, especialmente Johann Strauss, o Jovem, conhecido como “o rei da valsa”, autor das valsas mais conhecidas, como “Danúbio azul”.

No Brasil, desenvolveu-se a chamada valsinha brasileira, no mesmo andamento de três por quatro (compasso ternário) da valsa tradicional, mas com características melódicas brasileiras e andamento bem mais lento. Músicos como Zequinha de Abreu e Pixinguinha compuseram belos exemplos de valsinha brasileira.