Ísis e Osíris estavam entre os deuses mais importantes na mitologia do antigo Egito. Osíris era o deus dos mortos. Também era o deus das lavouras e do crescimento pleno. Ísis era sua esposa e irmã. Ela era uma deusa mãe supostamente dotada de poderes mágicos. Ísis e Osíris tinham um filho chamado Hórus. Os egípcios consideravam Ísis e Hórus mãe e filho perfeitos.

De acordo com a lenda, Osíris e Ísis tinham um irmão chamado Set. Set era um deus violento. Ele induziu Osíris a entrar numa caixa de madeira. Quando Osíris entrou, Set tampou-a violentamente e em seguida atirou a caixa no rio Nilo, provocando a morte de Osíris.

Conta a lenda que Ísis lamentou profundamente a morte do marido. Ela recuperou o corpo de Osíris e o enterrou. Usou, então, seus poderes mágicos para dar nova vida a ele. Daí em diante, Osíris foi considerado o governante do inferno — ou seja, a terra dos mortos. Dizia-se que ele concedia a vida depois da morte às pessoas que faleciam e chegavam ao mundo subterrâneo.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.