Muito antes da invenção da calculadora ou do computador, as pessoas realizavam cálculos com um instrumento manual chamado ábaco. O ábaco é feito com contas, ou miçangas, colocadas em fios esticados e pregados em uma moldura. Cada fio representa as unidades, as dezenas, as centenas, e assim por diante.

O ábaco foi provavelmente inventado pelo povo sumério, da Mesopotâmia. Os egípcios, gregos, romanos, indianos e chineses também usavam o ábaco para fazer contas.

Por volta do ano 700 d.C., na Índia, foi criado um sistema de anotar os números que tornou possível fazer somas por escrito com a mesma facilidade do ábaco. Esse sistema foi adotado pelos árabes, que o aperfeiçoaram e o levaram para a Europa há mais de mil anos. Como a forma de fazer cálculos se tornou mais simples, o ábaco foi abandonado em muitos lugares do mundo, mas ele ainda continua a ser usado por pessoas da China, do Japão e do Oriente Médio.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.