Adolf Hitler foi um líder político alemão da primeira metade do século XX. Ele governou a Alemanha entre 1933 e 1945 e se autodenominava Führer (“líder”). Foi responsável por um dos maiores genocídios da história, além de desencadear a Segunda Guerra Mundial. Hitler acreditava que os alemães eram uma raça pura e tinham nascido para dominar outros povos. Também julgava que o povo judeu não tinha lugar na sociedade. Essa ideia provocou o Holocausto, quando milhões de judeus foram mortos.

Infância e juventude

Adolf Hitler nasceu em Braunau-am-Inn, na Áustria, de família alemã, em 20 de abril de 1889. Cresceu em Linz, também na Áustria. Queria ser seguir a carreira artística e ser pintor. Tentou ingressar na Academia de Belas-Artes de Viena por duas vezes, mas foi reprovado. Perdeu o pai aos 9 anos e a mãe quando tinha 19. Sem recursos, viveu em dificuldade, dependendo, durante um período, de caridade. Por volta de 1913, aos 24 anos, mudou-se para Munique, na Alemanha.

Quando a Primeira Guerra Mundial começou, em 1914, ingressou no exército alemão como voluntário. Foi ferido, depois promovido, e recebeu condecorações por bravura.

Após a guerra, Hitler entrou para um pequeno agrupamento político em Munique, onde teve reconhecidos seus dotes como orador. Em 1921, assumiu o controle do que já era o Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães. As palavras em alemão (National Sozialistische) acabaram gerando a abreviatura “Nazi”, que resultou no termo “nazismo”. O partido ficou então conhecido como partido nazista. Em 1923, Hitler organizou uma insurreição, que fracassou. Foi condenado a seis anos de prisão, mas foi libertado após oito meses. Saiu da cadeia com o texto de seu livro Mein Kampf (Minha luta) pronto. Estavam ali expostos os fundamentos de seu pensamento político: nacionalismo, antissemitismo, anticomunismo e a crença na superioridade da raça ariana. A necessidade de a Alemanha se rearmar, de buscar a autossuficiência econômica e de suprimir o sindicalismo também estava ali explicitada.

O Terceiro Reich

Em 1930, Hitler adquiriu a nacionalidade alemã. Em 1932, o partido nazista era a maior agremiação política do Reichstag (a assembleia legislativa da Alemanha). Em 1933, Hitler tornou-se chanceler, ou líder, da Alemanha. Em 1934, já dominava completamente o país. Ele criou então o que chamou de Terceiro Reich, ou terceiro império.

Deu início à expansão militarista alemã e colocou suas crenças em prática. Em pouco tempo, os judeus não tinham mais permissão de possuir seus próprios negócios ou de frequentar certas escolas. Muitos foram presos e enviados para campos de concentração.

A Segunda Guerra Mundial e o Holocausto

Quando a Alemanha invadiu a Polônia, em setembro de 1939, começou a Segunda Guerra Mundial. Durante a guerra, Hitler acelerou sua campanha contra os judeus. Muitos deles foram mortos pelos nazistas nos campos de concentração. Outros morreram enquanto realizavam trabalho escravo. O extermínio de judeus ficou conhecido como Holocausto. Ao todo, cerca de 6 milhões de judeus morreram.

Em 1944, as forças aliadas que lutavam contra a Alemanha, a Itália e o Japão começaram a virar o jogo. Cercado pelas forças soviéticas, Hitler se matou em 30 de abril de 1945, em Berlim, na Alemanha. O país se rendeu e a guerra terminou no dia 2 de setembro de 1945.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.