Al-Khwarizmi, considerado o Pai da Álgebra, foi um matemático e astrônomo que viveu no século IX.

Mohamed ibn Musa al-Khwarizmi nasceu por volta do ano 780. Os historiadores acreditam que ou ele, ou seus ascendentes tenham vindo de Khwarezm, uma região da Ásia central que agora faz parte do Turcomenistão e do Uzbequistão.

Na vida adulta, Al-Khwarizmi viveu em Bagdá, situada no atual Iraque, onde trabalhou na Casa da Sabedoria, um centro de pesquisas científicas. Lá ele estudou as obras de sábios árabes, gregos e indianos.

Al-Khwarizmi criou novas maneiras de solucionar problemas matemáticos. Um dos livros que ele escreveu explicava o sistema de soluções que hoje é chamado de álgebra. Essa palavra originou-se da expressão árabe al-jabr, que aparece no título do livro. Do século XII ao XVI, esse livro foi usado no ensino de matemática nas universidades europeias.

Outra obra de Al-Khwarizmi introduziu os algarismos arábicos na Europa. Esses 10 dígitos — 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 e 9 — são até hoje usados pela maioria das pessoas.

Embora seu principal interesse fosse a matemática, ele também escreveu livros importantes de astronomia e geografia. Al-Khwarizmi morreu por volta do ano 850.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.