Nos 45 anos seguintes à Segunda Guerra Mundial, a Alemanha esteve dividida em duas repúblicas: a Alemanha Oriental, que tinha regime comunista com sistema econômico socialista, e a Alemanha Ocidental, que era uma democracia de economia capitalista. O colapso do comunismo levou à reunificação da Alemanha, em 1990. A capital da Alemanha é Berlim. A população do país é de 80.906.000 habitantes (estimativa de 2014), e a área é de 357.104 km2.

Geografia

A Alemanha faz fronteira com Dinamarca, Polônia, República Tcheca, Áustria, Suíça, França, Luxemburgo, Bélgica e os Países Baixos. O litoral norte confina com os mares Báltico e do Norte.

Ao sul ficam os Alpes Bávaros. A vasta floresta Negra, assim chamada por causa de seus densos e escuros arvoredos, cobre o sudoeste. A região central da Alemanha é montanhosa e arborizada. O norte é uma planície larga e arenosa. O rio mais longo da Alemanha é o Reno, que corre ao longo da fronteira ocidental. Grande parte da Alemanha tem clima temperado, com verões quentes e invernos frios e nublados.

Flora e fauna

O principal tipo de árvore da Alemanha é o pinheiro, seguido pela faia e pelo carvalho. Milhões de árvores foram arruinadas por uma forma de poluição chamada chuva ácida. Os principais animais da Alemanha são cervos, gatos-do-mato, lebres, javalis, texugos, castores e raposas. Entre as aves, contam-se tordos, estorninhos, pardais, corujas, pica-paus, garças e falcões.

População

Quase 90 por cento da população é de origem propriamente alemã. Há pequenos grupos de turcos e outros europeus. O alemão é a língua oficial. A maior parte dos alemães são cristãos. O norte e o leste têm maioria protestante, enquanto o sul e o oeste têm mais católicos. Muitas pessoas não praticam religião alguma. Cerca de 90 por cento da população vive nas cidades ou perto delas.

Economia

A maior parte da economia alemã é constituída pelos setores de serviços, em especial nas áreas de saúde, educação e turismo. Contudo, a Alemanha é um dos países mais industrializados do mundo. De suas fábricas saem automóveis, máquinas, produtos químicos e alimentícios, equipamentos elétricos, metais e outras mercadorias. O país também tem reservas de carvão e gás natural.

Embora a agricultura ocupe uma parte pequena da economia, as fazendas alemãs geralmente produzem mais cereais, leite e carne do que o país necessita. Uma lavoura importante é a do lúpulo, usado na famosa indústria alemã de cerveja.

História

Nos tempos antigos e medievais, centenas de tribos germânicas, célticas e eslavas viviam onde atualmente fica a Alemanha. Os francos unificaram as tribos no século VI. Depois da morte do rei franco Carlos Magno, em 814, a parte oriental de seu império tornou-se a Alemanha. Esta se formou de estados fracamente ligados. Muitos reis da Alemanha também dominaram o Sacro Império Romano-Germânico, que abrangia grande parte da Europa central.

No século XVI, o sacerdote católico alemão Martinho Lutero liderou a Reforma. O movimento criticava o catolicismo e resultou no surgimento das formas protestantes do cristianismo.

Os impérios germânicos

O Sacro Império Romano-Germânico se enfraqueceu na metade do século XVII, e o estado alemão da Prússia ganhou proeminência sobre os outros. No fim do século XIX, a Prússia reuniu muitos estados alemães para formar o Império Germânico, ou Segundo Reich (Segundo Império). A Alemanha tornou-se uma potência-líder na Europa. Também adquiriu colônias na África, na Ásia e no oceano Pacífico.

Durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918), a Alemanha e seus aliados, Áustria-Hungria e Turquia, lutaram contra Grã-Bretanha, França, Rússia, Itália e Estados Unidos. A guerra terminou com a derrota do Império Germânico. A Alemanha perdeu não só terras para os países vizinhos, mas também suas colônias.

O Terceiro Reich

Depois da Primeira Guerra Mundial, um governo democrático, conhecido como República de Weimar, assumiu o governo na Alemanha. Todavia, logo caiu, pois o país enfrentava uma economia enfraquecida. Adolf Hitler e seu Partido Nazista tomaram o poder em 1933. Hitler pretendia criar um Império Alemão, denominado Terceiro Reich (Terceiro Império).

Os planos de Hitler provocaram a Segunda Guerra Mundial. A Alemanha, a Itália e o Japão formaram as Potências do Eixo e entraram em luta contra os Aliados — Reino Unido, União Soviética e Estados Unidos, além de outros países. Quando os Aliados derrotaram o Eixo em 1945, os nazistas tinham matado milhões de pessoas, entre elas cerca de 6 milhões de judeus, no massacre conhecido como Holocausto.

Divisão da Alemanha

Após a Segunda Guerra Mundial, os Aliados dividiram a Alemanha em quatro zonas, cada uma delas controlada por um dos países vencedores: Estados Unidos, Reino Unido, França e União Soviética. Em 1949, Estados Unidos, Reino Unido e França fundiram suas zonas e criaram a República Federal da Alemanha, ou Alemanha Ocidental, que tinha governo democrático e capitalista.

A zona soviética tornou-se a República Democrática Alemã, ou Alemanha Oriental. Assim como a União Soviética, a Alemanha Oriental tinha governo comunista dominado por um só partido político. Dentro da Alemanha Oriental ficava a cidade de Berlim, que também era dividida nos setores oriental e ocidental. Em 1961, os soviéticos começaram a construir o Muro de Berlim, que separava a parte ocidental de Berlim do resto da Alemanha Oriental.

Reunificação

Em 1989, o governo comunista da Alemanha Oriental caiu. As pessoas começaram a derrubar o Muro de Berlim. Dezenas de milhares de alemães orientais cruzaram para Berlim Ocidental, a fim de celebrar sua nova liberdade de ir e vir. As Alemanhas Oriental e Ocidental foram oficialmente reunidas em 1990. O país começou então a modernizar a economia da Alemanha Oriental. A Alemanha também se uniu à União Europeia.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.