Auguste Rodin foi um escultor que criou, com bronze e mármore, figuras humanas impressionantemente realistas. Sua obra teve grande influência na escultura do século XX.

Infância e juventude

François-Auguste-René Rodin nasceu em uma família pobre, no dia 12 de novembro de 1840, em Paris, na França. Ele gostava de fazer bonecos com a massa de pão que sua mãe preparava na cozinha. Quando tinha 13 anos, ingressou em uma escola de arte, onde aprendeu a desenhar e a fazer modelos. Mais tarde, tentou por três vezes entrar na academia oficial de arte da França, mas foi sempre rejeitado.

Para ganhar a vida, em 1858 Rodin começou a fazer peças decorativas de pedra. Ele usava o tempo livre para estudar arte, visitando os museus e as galerias de Paris. Em 1864, tornou-se ajudante de um conhecido escultor. Trabalhou para outros artistas até 1882. As pressões desse trabalho deixavam-lhe pouco tempo para desenvolver sua própria arte.

Embora não ganhasse muito dinheiro, Rodin conseguiu viajar para a Itália em 1875. Essa viagem foi decisiva para o aspirante a artista, pois ele pôde ver a obra dos grandes mestres da arte do Renascimento. Impressionaram-no particularmente as esculturas de Michelangelo.

Carreira

Em 1877, Rodin apresentou sua escultura A idade do bronze, representação surpreendentemente realista de uma figura masculina. O corpo é tão real que os críticos afirmaram que o escultor o tinha moldado em um homem vivo. Rodin não havia feito isso e negou veementemente a acusação. A idade do bronze chamou muita atenção e lhe rendeu a reputação de escultor sério.

Em 1880, Rodin recebeu a encomenda de criar uma porta de bronze muito grande para o Museu de Artes Decorativas, em Paris. Seu plano para essa obra era ambicioso. Ele queria criar um “universo” de cenas que mostrassem as lutas da humanidade. Embora não tenha chegado a concluí-la, a grande porta forneceu a base para algumas das esculturas mais vigorosas de Rodin, entre elas a mais famosa: O pensador. No início do século XX, ele já era conhecido em todo o mundo por suas esculturas expressivas e realistas. Rodin morreu em Meudon, na França, no dia 17 de novembro de 1917. Algumas de suas obras estão reunidas no Museu Rodin, em Paris.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.