Ayrton Senna foi um piloto de Fórmula 1, considerado um dos maiores nomes do esporte brasileiro e um dos maiores pilotos da história do automobilismo mundial.

Ayrton Senna da Silva nasceu em São Paulo, no dia 21 de março de 1960, e morreu em Ímola, na Itália, em 1° de maio de 1994. Senna era um competidor arrojado que ficou famoso por suas manobras impetuosas e arriscadas no circuito da Fórmula 1, em que ganhou 41 grandes prêmios e três títulos mundiais (1988, 1990 e 1991).

Recebendo tratamento de herói nacional no Brasil, sua morte, por graves ferimentos após bater de frente contra um muro de concreto, a 300 quilômetros por hora, no Grande Prêmio de São Marino, em Ímola, deixou o país de luto.

Com 4 anos de idade, Senna já estava atrás da direção de um kart que seu pai, Milton Senna, construiu usando o motor de um cortador de grama. Começou no circuito de Fórmula 1 em 1984, como um dos novos pilotos mais promissores. Competitivo ao extremo, conseguiu um número recorde de pole positions (largadas na primeira posição no início da corrida): por 65 vezes ele fez o melhor tempo nas provas de qualificação, ou treinos, para as corridas.

Figura enigmática, profundamente religioso e altamente agressivo nas pistas, Senna surpreendia espectadores e intimidava adversários com sua maneira ousada de dirigir. Manteve, com o piloto francês Alain Prost, uma das maiores rivalidades da Fórmula 1, e nos campeonatos de 1989 e 1990 protagonizou uma controvérsia. Na penúltima prova de 1990, o GP do Japão, Senna deliberadamente não deixou que Prost, segundo colocado no campeonato, tentasse ultrapassá-lo na primeira curva da corrida. Os dois bateram e saíram da pista, garantindo o título a Senna. Na temporada do ano anterior, 1989, Prost havia feito a mesma coisa com Senna.

A morte de Senna ocorreu um dia depois de o piloto austríaco Roland Ratzenberger ter morrido em acidente similar durante os treinos qualificatórios para a mesma prova, na mesma pista. As duas mortes só fizeram crescer as pressões contra as mudanças de regras feitas pela Federação Internacional de Automobilismo. A federação havia abolido os sistemas eletrônicos dos carros de Fórmula 1; essa medida, muitos acreditavam, tornava o esporte mais perigoso.

Em 2009, Ayrton Senna foi eleito, numa consulta a 217 pilotos da Fórmula 1 pela revista inglesa Autosport, o melhor piloto de Fórmula 1 de todos os tempos.

Com a fortuna que deixou, a família de Ayrton Senna concretizou o desejo do corredor e criou uma fundação com seu nome, o Instituto Ayrton Senna, que investe em soluções sociais criativas no Brasil inteiro, com ênfase na educação. A organização foi reconhcida pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), que concedeu ao Instituto o título de Cátedra em Educação e Desenvolvimento Humano (uma menção honrosa inédita conferida a uma ONG).

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.