Campo Grande é a capital do estado de Mato Grosso do Sul, na região Centro-Oeste do Brasil. Por seu solo avermelhado e clima tropical, é conhecida como “Cidade Morena”.

Geografia

Campo Grande fica em um grande planalto, na serra do Maracaju. Não há obstáculos naturais à visão da linha do horizonte, qualquer que seja o ponto de observação. Como está localizada bem no centro do estado, convergem para ela todas as estradas, o que faz dela um centro irradiador do desenvolvimento. Não tem grandes rios, mas em seu subsolo está a maior extensão do aquífero Guarani, a maior reserva de água doce do mundo.

Sua cobertura vegetal é de savana, sendo que florestas, cerrados e campos fazem parte do conjunto natural da região.

População

Paulistas, paranaenses, gaúchos, nordestinos e descendentes de imigrantes, além de índios e negros, formam a base da população local.

Nas primeiras décadas do século XX foram chegando espanhóis, italianos, paraguaios, bolivianos, sírio-libaneses, portugueses e japoneses. A partir do final da Primeira Guerra Mundial, as imigrações se intensificaram. Muitos europeus buscavam melhores condições de vida e era feita uma forte propaganda, na Europa, sobre a fartura das colônias de imigrantes estabelecidas no Brasil. A Companhia de Colonização Alemã (Hackeer) trouxe, a partir de 1924, alemães, búlgaros, poloneses, russos, austríacos e romenos para a região.

Os japoneses, que haviam chegado em 1908 para trabalhar na construção da estrada de ferro, acabaram se dedicando às atividades agrícolas. As barracas que eles mantêm no mercado de Campo Grande, de produtos hortifrutigranjeiros e de comidas japonesas, são uma atração local. A presença nissei é significativa na vida da cidade.

Economia

A economia de Campo Grande é baseada no comércio de mercadorias e na prestação de serviços. Nos últimos anos, porém, a cidade vem se destacando como polo de turismo de eventos, com feiras, leilões, congressos e exposições.

A construção civil também desempenha papel importante na economia local. Na agricultura, os principais cultivos são de soja, milho, arroz e mandioca. A pecuária leiteira também é significativa: o município de Campo Grande possui o sexto maior rebanho bovino do estado.

A cidade conta com indústrias de transformação nos ramos de mobiliário, frigorífico, sucos e extratos de frutas, material de limpeza e confecções, entre outros itens.

História

Campo Grande foi fundada em 1875 por colonos mineiros, com o nome de Arraial de Santo Antônio de Campo Grande. Dois anos mais tarde, o vilarejo ganhou sua primeira capela. Em 1889, foi a vez da primeira escola.

O desenvolvimento, no entanto, começaria no século XX, com a chegada do primeiro trem à cidade, em 1914. Nesse mesmo ano, a cidade recebeu o 5° Regimento de Artilharia Montada e, em 1921, tornou-se sede da Circunscrição Militar de Mato Grosso. As imigrações fizeram crescer a população e impulsionaram o desenvolvimento de novas frentes de trabalho, principalmente na agricultura.

Na década de 1920, começaram os primeiros movimentos para dividir o estado de Mato Grosso, que incluía Campo Grande. Isso só aconteceu efetivamente em 1977, com a sanção da Lei Complementar n° 31, que criou o estado de Mato Grosso do Sul. Campo Grande tornou-se capital do novo estado.

A nova condição trouxe progresso para a cidade, com maiores estímulos à sua expansão urbana, social, política e cultural. Campo Grande tem 787.204 habitantes (censo de 2010).

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.