Edimburgo é a capital da Escócia, uma das quatro partes principais do país chamado Reino Unido. Famoso centro de ensino, a cidade gerou muitos pensadores e escritores de renome.

Perfil urbano

Edimburgo fica em uma série de colinas e cadeias de montanhas rochosas, e tem um porto em um trecho do mar do Norte.

A parte mais velha de Edimburgo é chamada de Cidade Antiga e se desenvolveu em torno da Castle Rock, uma rocha de origem vulcânica que se ergue acima da base de um vale. Em seu topo fica, justamente, o Castelo de Edimburgo, que no passado foi residência de reis e rainhas escoceses.

Edimburgo também é composta pela Cidade Nova, que, apesar do nome, tem mais de duzentos anos. Hoje, essa é a principal área de comércio local.

Economia

Edimburgo é um importante centro financeiro e administrativo. Outras atividades importantes são educação, saúde, comércio e turismo. A indústria tem peso menor na economia da cidade.

História

Há milhares de anos já havia presença humana na região de Edimburgo. A atual Cidade Antiga remonta ao século XI.

Edimburgo tornou-se a capital escocesa no século XV. Nessa época a Escócia era um reino independente, mas passou a integrar o Reino Unido em 1707. Em consequência disso, Edimburgo perdeu parte de sua importância política. As leis da Escócia passaram a ser feitas em Londres, na Inglaterra.

No século XVIII, Edimburgo tornou-se um grande centro cultural. Muitos filósofos, escritores e cientistas importantes viviam lá. A cidade também foi o berço da Encyclopædia Britannica (1768).

Construída entre o final do século XVIII e o início do século XIX, a Cidade Nova de Edimburgo cresceu muito ao longo do século XX.

A Escócia recobrou mais poder de decisão em 1999 e legisladores escoceses voltaram a se reunir em Edimburgo. A cidade tem 486.120 habitantes (estimativa de 2010).

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.