A Eslovênia é um país que fica nos Bálcãs, uma região do sudeste da Europa. Sua capital é Liubliana. A população do país é de 2.063.000 (estimativa de 2014) e sua área é de 20.273 km2.

Geografia

A Eslovênia faz fronteira com a Itália, a Áustria, a Hungria e a Croácia. No sudoeste, o país tem uma pequena zona costeira no mar Adriático.

Parte das montanhas dos Alpes se estende ao longo do norte da Eslovênia. Os rios Sava e Drava correm em direção ao sul, através do leste. No sudoeste fica uma região rochosa com muitas cavernas, chamada Carso. A maior parte da Eslovênia tem verões frescos ou quentes e invernos frios.

Flora e fauna

As abundantes florestas eslovenas posssuem zimbro, bétulas e faias nas áreas montanhosas. Os arbustos crescem nas zonas mais baixas. Ursos-pardos, lobos, linces, javalis e cervos vivem no país. As florestas abrigam passarinhos e aves de rapina.

População

A maioria da população é formada por eslovenos. A língua falada por eles também se chama esloveno. Dentre os pequenos grupos que vivem no país se encontram sérvios, croatas e bósnios muçulmanos. Cerca de metade da população mora nas cidades.

Economia

A indústria é importante para a economia eslovena. O país fabrica ferro e aço, produtos eletrônicos e químicos, roupas, produtos de madeira e veículos a motor. Os setores bancário e de serviços também são importantes. A agricultura representa uma parcela pequena da economia.

História

O povo eslavo, ancestral dos eslovenos, se estabeleceu na região no século VI. Ao longo dos séculos, várias potências estrangeiras dominaram os eslovenos. A Áustria controlou o país desde o século XIV até 1918. Posteriormente, a Eslovênia uniu-se ao Reino dos Sérvios, Croatas e Eslovenos. O país foi rebatizado de Iugoslávia em 1929.

Após o fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945, a Iugoslávia estabeleceu um rigoroso governo comunista. A Eslovênia abandonou a Iugoslávia em 1991. Em 2004, ingressou na União Europeia.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.