Ao lado de Letônia e Lituânia, a Estônia é um dos países bálticos — nações que se localizam no nordeste da Europa. Sua capital é Tallinn. O país tem 1.275.000 habitantes (estimativa de 2014) e ocupa uma área de 45.227 km2.

Geografia

A Estônia faz fronteira com o mar Báltico, a Rússia e a Letônia. Duas grandes ilhas, Saaremaa e Hiiumaa, ficam a oeste do continente. Grande parte do território fica em latitudes baixas e é pantanoso. Na fronteira russa está o grande lago Peipus. A Estônia tem verões amenos e invernos rigorosos.

Flora e fauna

As florestas cobrem quase a metade da Estônia. Pinheiros, abetos, bétulas e álamos são árvores comuns. As florestas abrigam cervos, alces, linces, ursos, javalis e esquilos-voadores. Entre as aves há diversos tipos de águias e cegonhas pretas.

População

Cerca de dois terços da população são estonianos étnicos. O idioma estoniano é muito parecido com o finlandês. Os russos formam o segundo maior grupo populacional. Também existem pequenos grupos de ucranianos, bielo-russos e finlandeses. O cristianismo é a religião principal, mas menos da metade da população é religiosa. Os estonianos vivem principalmente nas cidades.

Economia

A maioria dos estonianos trabalha no setor de serviços, entre eles os transportes, a tecnologia na área de informática e as telecomunicações. As indústrias fabricam alimentos processados, produtos eletrônicos e de madeira, máquinas e roupas de algodão. Uma parte importante da indústria estoniana é representada pela produção do óleo de xisto, usado como combustível.

História

Os estonianos sobreviveram a invasões de vikings, dinamarqueses, suecos e russos até o século XIII, quando os cavaleiros teutônicos conquistaram a região. Em 1629, a Suécia havia conquistado as terras estonianas. Após 1721, a Rússia dominou a Estônia por quase dois séculos.

Os estonianos declararam independência em 1918. No entanto, em 1940 a União Soviética transformou o país em uma de suas repúblicas, condição que se estendeu até 1991. Nesse ano, a Estônia conquistou a total independência da União Soviética, que estava se desmembrando. Em 2004, o país passou a fazer parte da União Europeia.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.