Os Estados Federados da Micronésia são um país formado por mais de seiscentas ilhas no oceano Pacífico, na Oceania. Sua capital é Palikir. As ilhas ocupam uma área de 701 km2 e têm 101.000 habitantes (estimativa de 2014).

Geografia

Situado na região da Oceania chamada Micronésia, o país é dividido em quatro estados, Yap, Chuuk, Pohnpei e Kosrae, representados pelas quatro estrelas da bandeira nacional. As ilhas maiores são picos de vulcões submersos. Atóis, ou grandes anéis de coral, compõem o restante do território. O clima é quente e úmido.

Flora e fauna

Florestas tropicais crescem nas ilhas vulcânicas. Os atóis têm coqueiros, palmeiras e árvores de fruta-pão. As águas do país são repletas de peixes, toninhas, tartarugas e mariscos gigantes.

População

A maioria da população vive em Chuuk; os outros habitantes se dividem entre Pohnpei, Yap e Kosrae. O cristianismo predomina. Há no mínimo oito línguas regionais, mas o inglês também é comum. A maioria dos habitantes mora em aldeias.

Economia

A economia da Micronésia depende muito dos Estados Unidos. A maioria da população trabalha para o governo, ou na pesca e na agricultura. Há plantações de coco, banana, pimenta e outras frutas e legumes. O turismo é uma atividade crescente. O governo vende a navios estrangeiros licenças de pesca em suas águas territoriais.

História

Há mais de 2 mil anos, a Micronésia começou a ser ocupada por habitantes das ilhas em redor. No final do século XIX, a Espanha dominou o território, transformando-o em uma de suas colônias. Depois foi a vez da Alemanha e do Japão ocuparem a área. Os Estados Unidos tiraram as ilhas do domínio japonês durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Os Estados Federados da Micronésia ganharam a independência em 1986, mas sua segurança e sua defesa continuam a cargo dos Estados Unidos.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.