Durante boa parte de sua história, a Finlândia foi dominada pela Rússia ou pela Suécia, que são países vizinhos. Atualmente, é uma das nações mais prósperas da Europa. Sua capital é Helsinque, que também é a maior cidade do país. A população finlandesa é de 5.461.000 habitantes (estimativa de 2014), e o país ocupa uma área de 390.903 km2.

Geografia

A Finlândia faz fronteira com a Suécia, a Noruega e a Rússia. O mar Báltico forma o seu longo litoral. O país também inclui as ilhas Åland, localizadas ao largo da costa sudoeste.

A maior parte da Finlândia é formada por regiões planas, mas o noroeste é montanhoso. As florestas cobrem cerca de três quartos do território. O país tem mais de 50 mil lagos e muitos rios. Os invernos são longos e muito frios, especialmente no norte.

Flora e fauna

Pinheiros, eucaliptos e outras árvores sempre-verdes cobrem as vastas florestas da Finlândia. Com frequência, as árvores das florestas do norte são pequenas devido às condições pouco propícias ao crescimento. Liquens, musgos e framboesas vicejam nos pântanos do norte. Bétulas de folhas grandes, aveleiras e álamos crescem no extremo sul.

Nas florestas finlandesas vivem ursos, alces, lobos e linces. O povo sami cria rebanhos de renas no norte. As aves do país incluem gaios siberianos, alvéolas, águias e aves marinhas. Salmões, trutas, pescadas-brancas, arenques, percas e lúcios nadam nas águas finlandesas.

População

Mais de 90 por cento da população é formada por finlandeses étnicos, que falam o idioma finlandês. Também há alguns milhares de samis, ou lapões. O território deles, chamado Lapônia, se estende pelo norte da Finlândia, da Suécia e da Noruega. Mais de 85 por cento da população é cristã, principalmente da religião luterana. A maioria mora nas cidades da região sul do país.

Economia

A Finlândia tem uma economia diversificada que gira em torno da indústria e dos serviços; estes abrangem os setores bancário, de comunicação, de educação e de saúde. As indústrias fabricam produtos eletrônicos, químicos, de madeira e de papel, além de máquinas, metais e alimentos processados. As florestas da Finlândia são grande fonte de madeira. As minas fornecem cromo, zinco e ouro.

A agricultura tem um papel reduzido na economia. As principais culturas agrícolas são as de cevada, aveia, beterraba-açucareira, batata e trigo. Os principais rebanhos são o suíno e o bovino. As manadas de renas são importantes no norte. As águas finlandesas oferecem bons peixes.

História

O primeiro assentamento na Finlândia surgiu há cerca de 10 mil anos. Entre os colonizadores estavam os ancestrais do povo sami. No século XII, os suecos começaram a converter os finlandeses ao cristianismo. Durante muitos anos, a Suécia e a Rússia brigaram pelo controle político e religioso da região. Os suecos tomaram a Finlândia em 1323.

A Rússia derrotou os suecos em 1721, mas a Suécia só entregou oficialmente a Finlândia aos russos em 1809. Em 1917, o Império Russo ruiu, em consequência da Revolução Russa. Nesse ano, a Finlândia declarou a independência, tornando-se república em 1919.

A Segunda Guerra Mundial (1939-1945) foi desastrosa para a Finlândia. No começo do conflito, o país perdeu grandes porções de território para a União Soviética. Em 1941, a Finlândia se aliou à Alemanha contra a União Soviética e conseguiu recuperar o território que havia perdido. No entanto, forças soviéticas derrotaram a Finlândia em 1944, e o país foi obrigado a renunciar a algumas pequenas faixas de território.

Após a guerra, a economia cresceu e as condições sociais melhoraram. A Finlândia ingressou na União Europeia em 1995. No ano 2000, os finlandeses elegeram sua primeira mulher presidente: Tarja Halonen.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.