Considerado “o pai da física matemática” e “o fundador da ciência moderna”, Galileu foi uma das personalidades mais importantes dos séculos XVI e XVII, tendo sido uma das primeiras pessoas que examinaram o céu com um telescópio. A partir daí, fez descobertas revolucionárias sobre o movimento da Terra.

Galileu Galilei nasceu em Pisa, na Itália, em 15 de fevereiro de 1564. Era curioso e observador. Entrou na Universidade de Pisa para estudar medicina, mas depois optou pela matemática e chegou a ser professor dessa matéria na mesma instituição.

Trabalho inicial

Galileu tinha curiosidade em estudar o efeito de forças sobre o movimento dos corpos. Na catedral de Pisa, ao observar as oscilações de um lustre, ele percebeu que cada oscilação, grande ou pequena, tinha a mesma duração. Esta descoberta ficou conhecida como lei do pêndulo, e foi ela que levou ao uso do pêndulo para o registro da passagem do tempo.

Uso do telescópio

Ao ouvir falar na invenção do telescópio na Holanda, Galileu construiu sua própria versão do instrumento em 1609. Isso lhe permitiu fazer descobertas sobre o espaço. Em 7 de janeiro de 1610, ele descobriu quatro luas girando em torno do planeta Júpiter. Em sua homenagem, esses corpos celestes são chamados de satélites galileanos.

As descobertas feitas por Galileu provaram que o Sol é o centro do Sistema Solar. Nicolau Copérnico, outro astrônomo famoso, havia apresentado essa teoria em 1530.

Punição e morte

Os estudos de Galileu o colocaram em conflito com a Igreja Católica, que ainda ensinava que a Terra era o centro do universo. Galileu foi proibido de ensinar e de defender as ideias de Copérnico, mas mesmo assim continuou fazendo isso. Muitas foram suas descobertas na área da física.

Em 1633, Galileu foi chamado pelo Tribunal da Inquisição, uma instituição católica criada para combater e condenar tudo o que a Igreja considerava contrário a seus ensinamentos. (Muitos condenados foram queimados em fogueiras.) Galileu foi obrigado a abjurar — ou seja, negar o que havia afirmado —, e punido com pena de prisão, que acabou cumprindo em casa.

Galileu ficou cego em 1637, mas continuou trabalhando. Ele morreu em 8 de janeiro de 1642.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.