A cidade de Genebra fica na Suíça, um país da Europa central. É um centro de grande importância mundial, pois ali fica a sede europeia das Nações Unidas (ONU), e a Cruz Vermelha Internacional (fundada em 1864) também está sediada em Genebra.

A cidade fica à margem do lago de Genebra (também conhecido como lago Léman), perto da fronteira suíça com a França e a Itália. Por esse motivo, tem importância econômica como entreposto de passagem de mercadorias entre esses dois países e a Suíça. A principal atividade econômica, no entanto, é a produção de maquinário e de instrumentos de precisão, em que se destacam os relógios. Além disso, possui a segunda maior indústria química do país.

No século VI a.C., no lugar onde está Genebra ficava um povoado celta, que mais tarde foi conquistado pelos romanos. No século XVI, João Calvino transformou Genebra numa cidade-estado teocrática (governada pelas regras religiosas) e em centro do protestantismo. No século XVIII, a cidade atraiu grandes pensadores do Iluminismo, como Voltaire. Nela nasceu também o filósofo Jean-Jacques Rousseau.

Genebra passou a integrar a Suíça em 1814. A Liga das Nações (antecessora da Organização das Nações Unidas) foi fundada ali, em 1919. Depois de 1945, sua população começou a crescer mais, atraída pelas organizações internacionais que se instalaram na cidade e que já ganharam o Prêmio Nobel por mais de quarenta vezes. A população atingiu 497.386 habitantes (estimativa de 2007).

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.