De 1846 a 1848, os Estados Unidos e o México travaram uma guerra, que atualmente é conhecida pelos americanos como Guerra do México. Como resultado da guerra, os Estados Unidos conquistaram o território que mais tarde veio a constituir os estados de Utah, Nevada, Arizona, Califórnia, Texas e Novo México, além da parte oeste do Colorado.

Antecedentes

Em 1836, o Texas tinha se separado do México e constituído um novo país, chamado República do Texas. Em 1845, ambos os países disputavam um mesmo território: a região ao norte do rio chamado Grande, pelos americanos, e Bravo del Norte, pelos mexicanos. Os Estados Unidos logo entraram na disputa, pois, àquela altura, o Texas estava prestes a se tornar um estado americano. Ambos os lados enviaram soldados para a área. Em maio de 1846, os Estados Unidos declararam guerra ao México.

A guerra

Os Estados Unidos atacaram a partir de várias direções. O general Zachary Taylor cruzou o rio Grande, na fronteira entre os dois países, e invadiu o México. O general Winfield Scott conquistou a Cidade do México, capital do país. O coronel Stephen Kearny facilmente conquistou a área em que hoje fica o Novo México. O comodoro Robert F. Stockton e o tenente-coronel John C. Frémont conquistaram parte do que atualmente é o estado da Califórnia. Em janeiro de 1847, os Estados Unidos conseguiram dominar as últimas áreas.

Resultados

O Tratado de Guadalupe Hidalgo encerrou formalmente a guerra. Os Estados Unidos e o México o assinaram em 2 de fevereiro de 1848. O tratado deu aos Estados Unidos mais de 1.300.000 quilômetros quadrados do território mexicano, desde o rio Grande até o oceano Pacífico, no oeste. Os Estados Unidos pagaram ao México 15 milhões de dólares em troca.

O general Taylor foi considerado herói de guerra, por isso foi eleito presidente dos Estados Unidos em 1848. Ele e o Congresso americano tiveram de lidar com a questão da escravatura nas novas áreas. O Congresso havia permitido a escravidão no Texas, mas em 1850 autorizou a Califórnia a banir essa prática. Além disso, deu a outros territórios o direito de votar se queriam ou não ter escravos. As discussões sobre o assunto continuaram, por fim levando a uma guerra civil entre os estados, a Guerra de Secessão, em 1861.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.