Os Habsburgos foram uma família real de origem alemã que governou a Áustria do final do século XIII até 1918. Seu domínio se estendeu também, durante alguns períodos, a muitos outros países da Europa, entre eles a Boêmia (hoje parte da República Tcheca), a Hungria e a Espanha.

Ascensão

O primeiro governante Habsburgo foi Rodolfo I, coroado rei dos germânicos em 1273. Poucos anos depois, Rodolfo assumiu o controle da Áustria. A partir de então, a Áustria foi o centro do poder dos Habsburgos.

O rei Frederico V foi coroado imperador do Sacro Império Romano-Germânico em 1452. Com isso, ele se tornou o imperador Frederico III. O Sacro Império Romano-Germânico abrangia grande parte da Europa ocidental e central. Entre 1452 e o final do império, em 1806, apenas um dos imperadores não proveio da dinastia Habsburgo.

Uma potência mundial

O poder dos Habsburgos teve seu auge no século XVI, com Carlos V. Carlos era imperador do Sacro Império Romano-Germânico e rei da Espanha. Suas terras abrangiam toda a Europa, com exceção da Inglaterra, da França e da Rússia. Atravessando o oceano Atlântico, soldados de Carlos conquistaram ricos impérios no México e no Peru.

Antes de morrer, Carlos dividiu suas terras entre o irmão e o filho. Com isso, criaram-se dois ramos de Habsburgos. Um deles reinou na Espanha até 1700. O outro reinou no resto do império. A partir de 1804, a terra governada pelos Habsburgos passou a chamar-se Império Austríaco.

Declínio depois da grandeza

Durante o século XIX, alguns grupos nacionais dentro do Império Austríaco quiseram tornar-se independentes. Entre esses grupos estavam os húngaros. Para satisfazê-los, em 1867 o imperador Habsburgo dividiu seu império com a Hungria. O novo estado chamou-se Império Austro-Húngaro.

O Império Austro-Húngaro saiu derrotado da Primeira Guerra Mundial. Quando o conflito terminou, em 1918, o império veio abaixo. O domínio dos Habsburgos havia chegado ao fim.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.