Na mitologia grega, Hades é o deus do mundo subterrâneo, a terra dos mortos. Um dos doze principais deuses do Olimpo, Hades também é chamado de Plutão, seu nome romano. Ao morrer, a pessoa iria para o submundo, e de lá não poderia mais sair. Por esse motivo, a figura de Hades muitas vezes é representada com uma chave na mão, revelando seu papel de carcereiro dos mortos. O nome Hades também é usado para designar o mundo subterrâneo governado por esse deus.

Segundo a lenda, Hades é filho de Cronos e Reia, rei e rainha dos titãs. Os titãs eram gigantes que governavam o mundo, contra quem Hades e seus irmãos, Posêidon e Zeus, lutaram e venceram uma longa guerra. Os três irmãos, então, dividiram o universo entre si: Zeus ficou com o céu e a terra, Posêidon ficou com os mares, e Hades, com o submundo.

A lenda mais conhecida sobre Hades apresenta o que seria a origem da mudança das estações do ano. Hades raptou Perséfone e levou-a para o seu reino subterrâneo. Perséfone era filha de Deméter, deusa da terra cultivada, que foi atrás da filha e decidiu não retornar ao Olimpo enquanto não a tivesse de volta. Isso tornou a terra estéril. Zeus, então, pediu a Hades que devolvesse a jovem à mãe, mas, na impossibilidade de um retorno definitivo, ficou decidido que Perséfone passaria parte do ano com a mãe e parte do ano com Hades. Deméter não deixava que nada germinasse enquanto a filha estivesse fora, criando, assim, o período que compreende o outono e o inverno.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.