Helsinque é a capital e a maior cidade da Finlândia, um país do norte da Europa. Fica em um trecho de terra que avança por um golfo do mar Báltico e está rodeada de bons portos naturais.

Helsinque é o principal porto e centro industrial da Finlândia. Entre as maiores indústrias da cidade estão a de construção naval e a gráfica. As fábricas locais produzem artigos eletrônicos e de vestuário, além de utensílios metálicos. A maioria das pessoas em Helsinque trabalha na área de serviços. Os negócios ligados à informática, à telefonia e a outros tipos de tecnologia são importantes para a economia da cidade.

O rei da Suécia fundou Helsinque em 1550. A Finlândia fez parte da Suécia durante centenas de anos.

No início do século XVII, Helsinque sofreu com doenças, um grande incêndio e ataques das forças russas. A Rússia invadiu-a novamente em 1808 e deixou a cidade em ruínas. Logo toda a Finlândia tornou-se parte da Rússia.

Em 1812, o imperador russo mudou a capital da Finlândia para Helsinque. A cidade cresceu rapidamente, e o centro foi completamente reconstruído.

Em 1917, a Finlândia declarou sua independência da Rússia. Uma guerra breve, mas sangrenta, aconteceu em Helsinque. Em pouco tempo a situação se estabilizou, e a cidade se desenvolveu como importante centro comercial, industrial e cultural. A população de Helsinque é de 595.384 habitantes (estimativa de 2012).

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.