O Império Songai controlou o comércio na maior parte da África ocidental durante os séculos XV e XVI. A sede do império ficava no local em que atualmente é a região central do Mali. Finalmente, ele se estendeu para oeste, em direção à costa atlântica, e para leste, onde ficam atualmente o Níger e a Nigéria. Songai enriqueceu comerciando ouro e sal através do rio Níger e das terras desérticas do Saara.

O povo songai se estabeleceu na cidade de Gao por volta de 800 d.C. O Império do Mali dominou Gao em 1325. Após cinquenta anos, Songai conquistou a independência. Um grande guerreiro songai chamado Sonni ʿAli tomou o poder em 1464. Ele construiu o Império Songai conquistando Tombuctu, Jenne e outras cidades vizinhas.

A maioria do povo songai criava rebanhos de animais para viver. Contudo, muitos songais viviam em grandes cidades. Todas elas eram centros comerciais à beira do rio Níger. Gao era a capital e tinha cerca de 100 mil habitantes. Tombuctu tinha uma população de pelo menos 80 mil pessoas. Era o local de uma universidade famosa. Enquanto a maioria dos criadores de gado, vivendo nas zonas rurais, continuou a seguir as crenças tradicionais, a religião muçulmana tornou-se dominante nas cidades.

O império prosperou até o final do século XVI. Então, o exército de um reino da costa noroeste da África, o Marrocos, precipitou-se sobre o Saara. Em 1591 os marroquinos já tinham capturado com facilidade as cidades dos songais, porque possuíam armas melhores do que as deles. O povo fora das cidades continuou a lutar contra os marroquinos, mas não conseguiu restaurar o império.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.