O Império Uolofe foi um estado africano que ganhou poder por volta de 1200 até cerca de 1556. O império cobria partes do que é hoje o Senegal, na África ocidental. Um rei chamado burba era o governante. Ele também era o líder religioso do país.

O povo uolofe partiu de onde é hoje o Mali no século XI e estabeleceu um reino logo depois de 1200. Durante o século XIV, os uolofes dominaram os reinos vizinhos. Um desses reinos, chamado Caior, controlava territórios na costa do oceano Atlântico. No século XV, os uolofes tinham construído um império poderoso.

Por volta de 1440, comerciantes portugueses chegaram à região. Eles comerciavam muitas mercadorias e tentaram assumir o controle do povo uolofe. Mas este manteve sua independência.

Em 1556, o povo caior separou-se do Império Uolofe. Isso debilitou os uolofes, porque perderam parte do território que era, justamente, sua passagem para o oceano. Em consequência disso, foram isolados do comércio com os europeus.

Nos trezentos anos seguintes, os europeus estabeleceram mais centros comerciais ao longo da costa. O poder dos uolofes encolheu ainda mais. Durante o século XIX, os franceses se estabeleceram em suas terras e lutaram contra seu povo. Em 1895, os territórios dos uolofes passaram a fazer parte de uma colônia da França.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.