No século XIII, a Igreja Católica criou um tribunal chamado Inquisição para investigar pessoas acusadas de heresia. Uma heresia era qualquer atitude ou crença que ia contra os ensinamentos da Igreja.

Os funcionários encarregados da Inquisição eram chamados de inquisidores. Eles davam à pessoa acusada uma oportunidade para confessar seus supostos erros. Alguns inquisidores torturavam as pessoas para obter essa confissão. Quando torturadas, até pessoas inocentes confessavam coisas que não tinham feito.

Acusados que não admitiam sua pretensa culpa iam a julgamento. Então, numa grande cerimônia, os inquisidores anunciavam as punições, que podiam ser multa, prisão ou até a morte.

O papa Gregório IX deu início à Inquisição em 1231. Ela atuava em vários países e foi particularmente rigorosa na Espanha, no final do século XV, quando governavam os reis Fernando e Isabel. Um inquisidor espanhol chamado Tomás de Torquemada condenou cerca de 2 mil pessoas a morrer queimadas na fogueira. Torquemada também convenceu Fernando e Isabel a expulsar mais de 160 mil judeus da Espanha.

A Inquisição teve algumas vítimas famosas. Uma delas foi a heroína francesa Joana d’Arc, que depois foi canonizada e virou uma santa da Igreja Católica. Ela foi queimada na fogueira em 1431, em parte por ter afirmado que havia recebido mensagens diretamente de Deus. Outra vítima foi o cientista italiano Galileu. No início do século XVII, ele foi punido por ensinar que a Terra gira em torno do Sol. Galileu foi obrigado a negar essas afirmações na frente dos inquisidores. Ele não foi mandado para uma prisão convencional, mas não podia sair de casa, ou seja, ficou em prisão domiciliar. A Inquisição continuou a existir por mais alguns séculos, em uma versão menos rígida, e só foi extinta em 1908.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.