Kiev é a capital da Ucrânia, um país do leste da Europa. É também uma das maiores cidades da região. Tem um porto no rio Dnieper e constitui o centro cultural e empresarial da Ucrânia.

A economia de Kiev depende do comércio, da indústria e do setor de serviços. Muitas pessoas trabalham nos escritórios governamentais ou em empresas. Outras atuam na indústria editorial, na área técnica ou nas indústrias. As fábricas fazem brinquedos, produtos eletrônicos e químicos, alimentos e outros bens.

Kiev foi fundada há várias centenas de anos. No final do século IX, os vikings do norte da Europa tomaram a região. Eles transformaram a cidade em capital de seu reino, chamado Rus. Kiev tornou-se um importante centro comercial, cultural e político. O exército mongol a destruiu em 1240. Mais tarde, foi reconstruída.

No final do século XVIII, a Rússia dominou o território. Kiev tornou-se centro de um movimento para conquistar a independência da Ucrânia.

A União Soviética assumiu o poder na Ucrânia na década de 1920. Nos anos 1940, durante a Segunda Guerra Mundial, soldados alemães e soviéticos travaram batalhas importantes em Kiev. Grandes áreas da cidade foram destruídas. Além disso, os alemães nazistas mataram muitos moradores locais, principalmente judeus.

Após a guerra, Kiev tornou-se novamente um centro industrial e cultural. Em 1991, a Ucrânia tornou-se um país independente, com Kiev como capital. A cidade tem 2.799.199 habitantes (estimativa de 2011).

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.