Lewis Carroll é o autor de Alice no País das Maravilhas e Alice através do espelho (também traduzido como Alice no país do espelho). Esses livros são amados por seus cenários incomuns, personagens interessantes e jogos de palavras divertidos e inteligentes. Isso os tornou clássicos da literatura infantil.

Carroll nasceu em Daresbury, no Reino Unido, em 27 de janeiro de 1832. Charles Lutwidge Dodgson era o seu nome verdadeiro, mas ele assinava os livros como Lewis Carroll, e assim ficou conhecido. O escritor estudou matemática na Universidade de Oxford, no Reino Unido, e aos 22 anos já era professor da universidade. Ele ensinou geometria, álgebra e lógica durante 33 anos e escreveu livros sobre o assunto. Carroll foi um pioneiro no ensino lúdico, isto é, o aprendizado por meio de atividades divertidas. Para ensinar matemática de forma mais agradável, ele criava jogos e passatempos.

O escritor gostava muito de crianças. No dia 4 de julho de 1862, fez um passeio de barco a remo no rio Tâmisa com um amigo e suas filhas. Uma delas se chamava Alice. Durante a viagem, para distrair as crianças, Carroll inventou uma história em que a personagem principal era a própria Alice. Foi assim que surgiu Alice no País das Maravilhas, publicado em 1865. Na história, Alice entra em uma toca de coelho e conhece diversos personagens fantásticos. Seis anos depois, ele lançou outro livro com a mesma personagem, Alice através do espelho, que mostra um mundo no qual tudo funciona ao contrário. As duas obras foram publicadas com o pseudônimo de Lewis Carroll e fizeram enorme sucesso.

Carroll também escrevia poesia para crianças. Em 1876, ele lançou um livro com jogos de palavras e trocadilhos, a começar pelo título: The Hunting of the Snark, traduzido no Brasil como A caça ao turpente, animal resultante da mistura entre tubarão (shark) e serpente (snake). O escritor morreu em Guildford, no Reino Unido, em 14 de janeiro de 1898.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.