Luxemburgo é uma das menores nações do mundo, mas, apesar de ser pequena, ocupa uma posição importante na União Europeia. Sua capital também se chama Luxemburgo. O país tem 556.000 habitantes (estimativa de 2014) e sua área é de 2.586 km2.

Geografia

Luxemburgo é rodeado pela Bélgica, pela Alemanha e pela França. Fazem parte de seu relevo colinas e vales profundos por onde correm rios. A parte norte do país fica na região montanhosa das Ardenas. Luxemburgo tem clima ameno e chuvoso.

Florestas de faias e outras árvores cobrem um terço do país. Em seus rios e ribeirões vivem muitos tipos de peixes.

População

Mais da metade da população é composta por habitantes de ascendência luxemburguesa. As línguas faladas são o alemão, o francês e o luxemburguês, que é uma mistura do alemão com o francês. Há grupos menores de portugueses, italianos e outros europeus. A religião da maioria dos luxemburgueses é a católica. Quase toda a população do país vive nas cidades, principalmente no sul.

Economia

Atividades bancárias, turismo e outros serviços têm grande importância na economia. Luxemburgo também produz ferro e aço, maquinário, produtos químicos, pneus e outras mercadorias.

A agricultura é uma pequena parte da economia, representada pelas plantações de cevada, trigo, aveia, batata e uvas para produção de vinho. As principais criações são de bois e de porcos.

História

Os francos, o Sacro Império Romano-Germânico e outros poderes estrangeiros dominaram a região durante séculos. Luxemburgo tornou-se um estado separado em 963. Em 1354, a região tornou-se um ducado, que é um país governado por um duque. A partir do século XV, uma série de soberanos estrangeiros controlou o ducado.

Luxemburgo conseguiu a independência em 1867. Seu governante ainda é chamado de grão-duque, mas quem realmente dirige o país é o primeiro-ministro. Luxemburgo é a sede do Tribunal de Justiça da União Europeia.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.