Maceió é a capital do estado de Alagoas e está localizada no litoral Nordeste do Brasil. Sua população é de 932.608 habitantes (censo de 2010). Maceió tem altitude média de 7 metros acima do nível do mar. Seu clima é quente e úmido e a temperatura média anual é de 25°C.

A cidade de Maceió está situada entre o oceano Atlântico e a lagoa Mundaú, a terceira em tamanho do Brasil. A lagoa foi formada quando sedimentos trazidos pelas marés e pelos rios Mundaú e Paraíba do Meio fecharam a foz dos dois rios.

Economia

Maceió é o mais importante centro comercial do estado de Alagoas. O porto de Jaraguá, que fica na cidade, serve de escoadouro para a produção agrícola e mineral da região desde o século XVII.

O município é rico em sal-gema e tem um importante polo cloroquímico. Fica em Maceió a maior indústria produtora de clorossoda da América Latina. Embora pouco extensas, ainda existem plantações de cana-de-açúcar na área rural do município. Há também produção de cocos e de frutas como caju, manga e jaca.

Por suas belas praias — Ponta Verde, Sete Coqueiros, Jatiúca, Pajuçara — e monumentos históricos, o turismo é uma das principais fontes de renda do município. O Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, localizado na Região Metropolitana de Maceió, é um dos maiores aeroportos do Nordeste.

História

O povoado de Maceió nasceu em torno de um engenho de açúcar que ficava no local onde hoje está a Praça Dom Pedro II. Na região de Jaraguá existe um porto marítimo natural situado próximo às margens da lagoa Mundaú, que trouxe desenvolvimento à cidade.

No século XVII, o porto de Jaraguá já era utilizado pelos portugueses para embarcar pau-brasil para a Europa. No início do século XIX, passou a ser o porto de saída do açúcar produzido pelos engenhos da região. Também eram embarcados ali fumo, coco e especiarias.

Em 5 de dezembro de 1815, Maceió foi separada da vila de Alagoas (atual Marechal Deodoro). Por sua importância como centro comercial, em 1817, quando Alagoas se tornou capitania autônoma, separada da de Pernambuco, a cidade tornou-se sede da Junta Real da Fazenda, embora a capital oficial continuasse sendo a vila de Alagoas.

Em 9 de dezembro de 1839, depois de uma acirrada disputa entre a população das duas cidades, Maceió passou a ser a capital da então província de Alagoas.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.