Madri é a capital da Espanha, um país da Europa ocidental. É a maior cidade espanhola e também um dos principais centros artísticos, educacionais, empresariais e industriais do país.

Pontos de interesse

O coração de Madri é uma praça chamada Puerta del Sol (Porta do Sol). É de lá que partem as ruas mais movimentadas da cidade. Já a região mais antiga fica em torno da Plaza Mayor — uma grande praça construída no século XVII.

Madri tem muitos museus. O Museu do Prado é uma das mais importantes instituições de arte da Europa. É muito conhecido pelo acervo que tem dos artistas espanhóis Diego Velázquez e Francisco de Goya.

Economia

Madri é o centro financeiro e do setor de seguros da Espanha. As indústrias da construção e de serviços como o turismo e a produção editorial são fortes na cidade. Muitas empresas espanholas têm sede em Madri. As fábricas locais produzem carros, aviões, produtos eletrônicos, de plástico e de borracha.

História

A região ocupada por Madri é habitada há milhares de anos. Por volta do século X, havia ali apenas uma pequena fortaleza de muçulmanos vindos do norte da África. Um rei cristão espanhol chamado Afonso VI tomou-a em 1083.

Madri continuou pequena e sem importância até se tornar a capital do país. Em 1561, o rei Filipe II transformou-a em centro de seu governo real. Em 1607, o rei Filipe III fez de Madri a capital oficial da Espanha.

A França dominou a cidade por cinco anos no começo do século XIX. Durante a Guerra Civil Espanhola (1936-1939), Madri sofreu fortes bombardeios.

Passadas a guerra civil e a Segunda Guerra Mundial (1939-1945), foi na segunda metade do século XX que a cidade alcançou mais desenvolvimento. Em 2004, quase duzentas pessoas morreram em um ataque terrorista quando vários trens foram explodidos com bombas na cidade. A população de Madri é de 6.489.768 habitantes (estimativa de 2012).

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.