Mahatma Gandhi foi um líder do movimento de independência da Índia e um pregador da não violência como método para alcançar a vitória em qualquer tipo de causa. Quando a Índia era colônia britânica, Gandhi usou métodos não violentos para protestar contra o governo inglês. Seus esforços lhe valeram o título de Mahatma, que quer dizer “grande alma”.

Primeiros anos

Mohandas Karamchand Gandhi nasceu no dia 2 de outubro de 1869, em Porbandar, na Índia. Na juventude, estudou as religiões do hinduísmo e do jainismo. A não violência é um dos preceitos principais do jainismo.

Em 1888, Gandhi mudou-se para a Inglaterra a fim de fazer o curso de direito. Voltou à Índia em 1891 e tentou iniciar a carreira de advogado, mas não foi bem-sucedido.

Política na África do Sul

Em 1893, Gandhi conseguiu trabalho na África do Sul, que era então, como a Índia, colônia britânica. Lá, após ver europeus brancos maltratando os indianos locais, Gandhi entrou para a política a fim de brigar pelos direitos dos indianos.

Gandhi usou pela primeira vez seu método de protesto da não violência em 1906, ao incitar os indianos a não obedecerem às leis britânicas que achavam erradas. Pregou também que eles deveriam permanecer pacíficos, não importando qual fosse a punição por suas ações.

Protestos na Índia

Gandhi voltou à Índia em 1915 e depois de alguns anos se tornou o mais poderoso líder político do país. Ele comandou grandes protestos em 1920-1922, 1930-1934 e 1940-1942. Os seguidores de Gandhi pararam de usar produtos britânicos e se recusaram a entrar nos tribunais e nas escolas britânicas. Em 1930, Gandhi liderou um protesto contra o imposto britânico sobre o sal: comandou uma marcha de indianos até o mar para que recolhessem ali o seu próprio sal. Gandhi foi preso algumas vezes por suas ações.

Independência

A Índia conseguiu a independência em 1947. Foi uma grande vitória de Gandhi. Mas ele ficou desapontado porque hindus e muçulmanos começaram a brigar entre si e tentou obter a paz. No dia 30 de janeiro de 1948, na cidade de Délhi, Gandhi foi assassinado, com um tiro, por um hindu.

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.