Malabo é a capital da Guiné Equatorial, um país localizado na África ocidental. A cidade fica no litoral da ilha de Bioko, no oceano Atlântico.

Malabo foi fundada em 1827 pelos ingleses, com o nome de Port Clarence. Ela servia de base para a marinha britânica, empenhada na ocasião em pôr fim ao tráfico de escravos na região.

Na década de 1840, os espanhóis tomaram posse da ilha de Bioko e mudaram o nome da cidade para Santa Isabel. Os espanhóis também tomaram outras ilhas vizinhas, bem como uma pequena região na costa africana. Juntas, essas terras formaram a Guiné Espanhola.

A Guiné Espanhola conquistou independência da Espanha em 1968, e Santa Isabel tornou-se a capital da nova República da Guiné Equatorial. O nome da cidade foi mudado para Malabo.

Malabo é o centro comercial e financeiro da Guiné Equatorial, além de abrigar o principal porto do país. Nele são embarcados cacau, madeira e café produzidos na região. Outras culturas importantes são banana e batata-doce. Na década de 1980, foi descoberto petróleo no país, o que aumentou a riqueza da capital.

A população de Malabo é de 145.000 habitantes (estimativa de 2014).

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.