Maputo é a capital de Moçambique, um país do sudeste da África. A cidade, que é a maior do país, fica em uma baía do oceano Índico. É também um dos maiores portos da África oriental.

Economia

A economia de Maputo depende bastante de atividades ligadas ao mar, tanto pelo porto da cidade, em que o comércio marítimo tem papel importante, quanto pelos estaleiros, com a fabricação de navios e outros tipos de embarcação. Há também fábricas de alimentos e de produtos químicos, metalúrgicos, fonográficos e de móveis, além de manufaturas de outros bens de consumo.

A par do comércio e da indústria, cresce o setor de serviços e comunicações. A relativa proximidade de Maputo com Joanesburgo, na África do Sul, favorece o desenvolvimento da cidade e o fortalecimento do porto, pois já houve uma renovação das estradas e está em construção um oleoduto entre as duas cidades.

História

Em 1787, os portugueses construíram um forte no local em que hoje se encontra Maputo. A cidade — que tinha originalmente o nome de Lourenço Marques, em homenagem a um comerciante português — cresceu em volta do forte. Em 1907, tornou-se capital das colônias de Portugal na África oriental.

Em 1975, Moçambique ficou independente, e manteve Lourenço Marques como capital. Logo a cidade foi rebatizada como Maputo, que é o nome do rio que ali deságua. Diferentes facções políticas lutaram pelo domínio de Moçambique dos anos 1970 até o começo da década de 1990. Essa longa guerra afetou o setor naval e o turismo na cidade.

Nos últimos anos, porém, ela voltou a crescer e a atrair o comércio e o turismo, com suas belas praias. É o centro universitário e cultural do país, com forte influência indiana, árabe e chinesa.

Maputo tem 1.120.200 habitantes e em sua região metropolitana vivem 1.589.000 pessoas (estimativas de 2009).

Translate this page

Choose a language from the menu above to view a computer-translated version of this page. Please note: Text within images is not translated, some features may not work properly after translation, and the translation may not accurately convey the intended meaning. Britannica does not review the converted text.

After translating an article, all tools except font up/font down will be disabled. To re-enable the tools or to convert back to English, click "view original" on the Google Translate toolbar.